Cidades

SAÚDE RADICALIZA NA PRESSÃO E NÃO ATINGE META DE VACINAÇÃO

O município de Guararapes não atingiu a meta de vacinação de 95% das crianças de um a menos de cinco anos contra sarampo e poliomielite e por isso vai realizar mais um dia de mobilização, no sábado (1º). Nesta semana, diante da baixa cobertura vacinal, o governo do prefeito Tarek Dargham radicalizou na pressão. Em ação Saúde com avala da Educação, equipes foram para a porta de escolas e creches e barraram a entrada de quem não estava com a caderneta de vacinação atualizada. A medida drástica causou muitas reclamações de mães.

De acordo com a assessoria da Prefeitura de Guararapes, ao todo 1.446 crianças devem ser vacinas no município. Até o momento, 1.344 foram vacinadas contra a pólio, o que representa 92,95% e 1.283 contra o sarampo, o que representa 88,73%.

“Por não atingir a meta de 95%, o Departamento Municipal de Saúde realizará no próximo sábado, 1, mais um dia “D” de vacinação. As crianças de 1 a 4 anos, que ainda não foram vacinadas, têm que comparecer na UBS Dr. Norman Storto (Postão), das 8h às 14h”, disse a assessoria.

No início da semana, como o índice de cobertura vacinal estava em aproximadamente 70%, “profissionais da saúde, em parceria com o Departamento de Educação, estiveram nas creches e escolas municipais verificando a carteirinha de vacinação das crianças”.
A informação é de que houve ameaça de impedir o acesso das crianças à unidade se não estivesse com a carteira atualizada.

Da Redação

Comment here