Homem é linchado por populares depois de furtar residência

A violência continua assustando moradores de Araçatuba. Na noite de terça-feira (02), um homem de 36 anos foi linchado por populares após tentar furtar uma residência no bairro São Rafael, em Araçatuba, e está internado em estado grave na Santa Casa do município.

O caso aconteceu por volta das 22h. De acordo com o registro do boletim de ocorrência, policiais militares faziam patrulhamento de rotina quando receberam informações do Copom (Central de Operações da Polícia Militar) de que havia ocorrido um furto em residência na rua Pedro Augusto de Oliveira e que o indivíduo estaria detido na rua Antonio Ribeiro de Araújo.

As equipes foram até o local e já encontraram o autor caído na calçada, sem reação e diversas pessoas em volta. O suspeito apresentava diversos ferimentos. Uma equipe do Resgate, do Corpo de Bombeiros, prestou os primeiros atendimento e o encaminhou até o pronto-socorro da Santa Casa, onde passou por atendimento médico e até o fechamento desta edição continuava internado em estado grave.

FURTO

De acordo com a polícia, momentos antes de ser agredido, o indiciado pulou o muro de uma residência, arrombou uma das portas do imóvel e subtraiu um aparelho de som automotivo, perfumes, desodorantes e outros produtos de higiene pessoal. Na sequência, o investigado pulou o muro da casa para fugir e foi nesse momento que o proprietário, que estava de moto, chegou ao endereço e presenciou a cena.

A vítima gritou por socorro, quando transeuntes perceberam que estava acontecendo um crime, perseguiram o autor e começaram a agredi-lo com socos e chutes. O proprietário da casa disse que pegou sua moto e foi até o local das agressões e quando lá chegou já encontrou o indiciado caído.

Policiais militares isolaram a área para o trabalho da perícia técnica, tanto no local do linchamento quanto na casa furtada. O laudo deverá sair em até 30 dias. Nenhum responsável pelas agressões foi identificado. O homem agredido estava impossibilitado de prestar declarações. Ele continua internado na unidade hospitalar sob escolta policial e assim que receber alta será preso por furto.

A Polícia Civil vai abrir inquérito para dar andamento às investigações pelo terceiro distrito policial do município. Nos próximos dias, testemunhas do caso deverão ser ouvidas.

você pode gostar também