Araçatuba é selecionada para programa com jovem em situação de risco

ARNON  GOMES – ARAÇATUBA

Araçatuba foi uma das 16 cidades selecionadas em todo o Estado para participar do Jepoe (Jovens em Exercício do Programa de Orientação Estadual). A ação é destinada ao desenvolvimento de jovens em situação de vulnerabilidade, por meio de participação em cursos de formação cidadã e qualificação profissional em atividades de consideradas de interesse social junto à comunidade. Convênio com o município foi assinado no mês passado.

A seleção das cidades considerou indicadores de vulnerabilidade social e criminalidade, além do orçamento municipal per capita. De acordo com o Estado, o objetivo é ampliar as perspectivas dos jovens quanto ao seu papel e participação na sociedade, além de contribuir com a segurança.

Em Araçatuba, foram oferecidas 485 vagas. As chamadas atividades de interesse social ocorrem de segunda-feira a sábado, com quatro horas por dia. Já os cursos de formação cidadã têm duração de um mês, de segunda a sexta-feira, enquanto os de qualificação profissional contam com carga de 120 horas nos mesmos dias da semana. Cada jovem tem direito a dois cursos de qualificação, recebendo uma bolsa-auxílio de R$ 500 por mês.

Em todo o Estado, foram ofertadas 4.337 vagas, num investimento de R$ 27.000.179,70. Além de Araçatuba, foram contemplados os municípios de São Vicente, Bebedouro, Lins, Monte Mor, Ibitinga, Batatais, Itararé, Santa Cruz do Rio Pardo, Presidente Epitácio, Carapicuíba, Juquiá, Guariba, Itapetininga, José Bonifácio e Potim

Ontem, em visita a Araçatuba, o secretário estadual de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Ricardo Bocalon, disse que a meta é ampliar o programa para o próximo ano. “Pegamos 16 cidades e são quase 4,5 mil jovens em situação de vulnerabilidade social. Aqui, teremos 485 jovens que vão estar aqui ajudando a comunidade. Nossa ideia é  ter, no ano que vem, 80 mil participantes”, finalizou.

Confira a relação de cursos oferecidos:

São 16 cursos de Formação Cidadã: 

➢ Primeiros socorros, Noções de direito, Cidadania, Ética, Educação moral, Igualdade e inclusão, Ordem unida, Noções de trânsito, Educação para o trabalho, Empreendedorismo, Saúde e segurança no trabalho, Educação financeira, Desenvolvimento sustentável, Relacionamento harmônico com a natureza, Higiene Pessoal e Educação Sexual

São 16 cursos de Qualificação Profissional:

Elaboração e gerenciamento de projetos sociais, Monitoria e recreação esportiva, Excelência em atendimento ao público, Meio ambiente, preservação e conservação, Manutenção e conservação predial, Paisagismo e conservação de áreas verdes, Gestão em turismo, Comunicação em mídias sociais, Assistente de mídias digitais, Logística e operações, Serviços de zeladoria e segurança em condomínios, Educador de trânsito, Monitoria e guia cultural, Informática, Segurança no trabalho e Contabilidade. 

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação.

você pode gostar também