Dilador prega a união de esforços para garantir investimentos

Para garantir que parte dos R$ 4,7 bilhões que serão investidos na melhoria da malha paulista beneficie diretamente a região, principalmente no trecho entre Três Lagoas (MS) a Bauru, o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, prega a união de esforços dos administradores públicos, empresários e entidades ligadas aos trabalhadores para que negociem com o governo federal.

No início da semana, Dilador recebeu o representante da Subchefia de Assuntos Federativos (SAF) da Secretaria de Governo da Presidência da República, Marcílio Souza, para tratar do assunto. Esta reunião, inclusive, foi o início da expedição jornalística que deu origem a esta reportagem especial.

Dilador pretende criar uma comitiva de representantes dos municípios e empresas regionais para se reunir em Brasília com técnicos ligados a estas áreas. “Temos que fazer a história acontecer. O desenvolvimento industrial e humano passa necessariamente por esta união de forças que garanta as melhorias necessárias para geramos empregos e renda”, destaca o prefeito.

Ainda não há uma data para que a reunião ocorra. Porém, Dilador já deu início ao processo de articulação política para criar o grupo que vai trabalhar a questão com as concessionárias dos serviços de transporte e representantes dos atuais governos, e dos que serão eleitos em outubro.

“Há necessidade de a região trabalhar em conjunto para ter força de atuação. Temos um grande potencial de desenvolvimento e esta articulação, que deve ser suprapartidária e aberta a todos os setores produtivos, precisa ser forte politicamente para garantir que os investimentos federal e estadual cheguem até a nós”, acrescentou Dilador.

TURISMO
Neste contexto da intermodalidade, o prefeito Dilador Borges quer inserir ainda a discussão sobre o impulso ao turismo. “Por terra e por água, podemos criar atrativos e fortalecer as iniciativas públicas e privadas ligadas ao setor turístico que necessitam de articulações para crescerem juntas”, acrescentou o prefeito de Araçatuba.

Um dos exemplos de exploração maior do potencial hidroviário de toda região é a estrutura montada no município paulista de Santa Fé do Sul.

No local tem praia e até um passeio pela mata por meio de uma passarela. As árvores são identificadas pelos seus nomes de espécie.

O projeto é um exemplo para os governos municipais e produtores rurais e investidores no turismo que estão à beira dos rios e dos lagos das usinas e barragens para a exploração de todo potencial da hidrovia.

O prefeito Dilador Borges destacou que a prainha municipal de Araçatuba já está sendo reestruturada e que novos investimentos para exploração do turismo já estão sendo articulados.

(A expedição foi composta por Jean Oliveira e Luis Fernando Santos (fotos), da Prefeitura de Araçatuba e Marcílio Souza, da Presidência da República)

Da Redação

você pode gostar também