Ameaçado nas pesquisas, tucano promete não desconstruir adversários

A visita de Doria aconteceu na semana em que o Ibope mostrou, pela primeira vez, o tucano, numericamente, atrás do candidato Paulo Skaf (MDB). A pesquisa de intenções de votos divulgada na última segunda-feira apontou Doria com 22% e Skaf, 21%. Perguntado sobre o cenário da corrida ao Palácio dos Bandeirantes, ele procurou não se mostrar preocupado com o crescimento da candidatura adversária. 

“Toda campanha é difícil. Eu respeito os adversários, não desconstruo nenhum adversário. Estamos disputando”, afirmou. Ele disse que a concorrência o faz “gastar mais sola de sapato” para apresentar propostas. “Em vez de falar mal dos adversários, prefiro falar de propostas”, completou.

TEMPO

Por fim, Doria também falou sobre como ser o “novo” em um partido que há mais de duas décadas governa o Estado. A receita, diz ele, está em “preservar a decência e a honestidade” dos governos de Geraldo Alckmin, seu padrinho político, hoje, candidato do PSDB a presidente. E ainda: investir na modernidade. Uma marca que ele prometeu deixar no governo paulista, caso ganhe a eleição, é a da modernidade, empregando a tecnologia em todos os serviços. Isso, segundo ele, diminui a burocracia e ajuda a combater a corrupção.

a3 doria2

Tendo sua base em eleitoral em São José do Rio Preto, maior cidade do Noroeste Paulista, o vice na chapa de Doria, Rodrigo Garcia (DEM), falou numa gestão municipalista. Ele acredita que, pela relação construída com a classe política do interior ao longo dos anos, conseguirá levar ao Palácio dos Bandeirantes os anseios dos prefeitos. “Faremos, então, um governo descentralizado, ao lado dos prefeitos. Um governo que sabe compreender as demandas da população”, disse o democrata. 

Sobre o atual momento da disputa, Garcia se disse confiante na vitória. “Não tenho dúvida. Ainda temos 20 e poucos dias de campanha e a população vai decidir o seu voto, tomar decisão e estamos muito confiante na vitória do João Doria como candidato a governador”, declarou. “Ele, ao mesmo tempo, garante as conquistas do passado, mas, ao mesmo tempo, é um inovador, um empreendedor.”

você pode gostar também