MULHER TEM CARTEIRA FURTADA DENTRO DE LOJA EM ARAÇATUBA

Uma mulher de 50 anos foi furtada dentro de uma loja de roupas localizada no Calçadão de Araçatuba, localizada na área central do município. A vítima procurou a Central de Flagrantes na quarta-feira (12) para registrar boletim de ocorrência.

De acordo com informações da Polícia Civil, a declarante estava fazendo compras pelo local, passou por uma casa lotérica, depois foi a uma casa de doces e por último entrou em uma loja de roupas. Enquanto ela olhava os produtos acabou sendo abordada por duas mulheres desconhecidas perto de uma escada.

As suspeitas começaram a fazer algumas perguntas sobre preços e tamanhos de roupas e em seguida foram embora. A vítima afirma no depoimento aos investigadores que essa foi a única vez que se distraiu no interior do estabelecimento comercial.

Alguns minutos depois, a mulher percebeu que a bolsa que carregava nos ombros estava aberta e a carteira dela havia desaparecido com todos os documentos pessoais, além de cinco cartões bancários de crédito e débito. Para a declarante, as duas mulheres podem tê-la furtado enquanto era distraída pelas perguntas.

A Polícia Civil registrou o caso como furto e abriu um inquérito pelo segundo distrito policial do município, que dará andamento às investigações. A partir de agora, os policiais vão tentar encontrar imagens de câmeras de segurança que possam ajudar nas apurações. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.

CRIME DA ‘TROMBADINHA’

O crime da ‘trombadinha’ vem se tornando cada vez mais comum em Araçatuba nos últimos meses. Recentemente, pelo menos três casos do tipo foram registrados na cidade, segundo a polícia.

O caso que chamou mais a atenção das autoridades foi o de uma mulher que também estava no interior de uma loja quando percebeu a aproximação de duas mulheres. A dupla trombou na vítima e aproveitaram essa oportunidade para abrir a bolsa dela e furtar a carteira. A dona de casa contou aos investigadores que a ação foi muito rápida e ela não conseguiu perceber o crime.

Logo em seguida, as criminosas chegaram a pedir desculpas pelo ocorrido e foram embora como se nada tivesse acontecido. Acontece que dentro da carteira da vítima havia a quantia de mil reais em dinheiro, diversos cartões bancários e documentos pessoais. Alguma horas depois, ao abrir a bolsa, ela percebeu que a carteira já não estava mais lá e lembrou do que havia acontecido minutos antes, suspeitando das duas mulheres. A Polícia Civil também investiga esse caso e ainda não conseguiu prender nenhum suspeito.

você pode gostar também