ARAÇATUBA RECEBE 4º FESTIVAL DE MÚSICA INSTRUMENTAL

De 23 a 26 de agosto, Araçatuba será palco do 4º MIA – Festival de Música Instrumental de Araçatuba, com mais de 60 artistas em cerca de 30 ações nas plataformas de formação (Formativas) e difusão (Cena Interior e Cena Brasil).

O projeto desenvolvido desde 2015 pelo programa Oficinas Culturais, gerenciado pela Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura e Organização Social habilitada pelo Governo do Estado de São Paulo, com correalização da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

Para abrir a programação do palco Cena Interior, que durante o evento recebe shows de cinco solos e trios do interior do Estado de São Paulo, na quinta-feira (23), às 12h, Fernando Barbosa Trio (Araçatuba) traz o show “Baixo Elétrico de Corpo e Alma”, que mistura funk, jazz e música brasileira. Depois, às 18h, será a vez de Zé Renato Gimenes (Araçatuba) apresentar sua vibrante instalação de sons de várias culturas, utilizando instrumentos étnicos, eletroacústicos e eletrônicos. Fechando o primeiro dia, o violonista Yamandu Costa, referência mundial na interpretação da música nacional, coordenará às 20h o workshop Tocada. A ideia é compartilhar sua trajetória, suas influências, inspirações, inquietudes musicais e seu atual trabalho com a musicalidade e os ritmos da América Latina.

O Quarteto Quadrantes (Indaiatuba) mescla seus dois álbuns, “Passos Largos e Sinuosa”, show que acontece sexta-feira (24), às 12h, mostrando suas influências do jazz, da música brasileira e da música erudita. No espetáculo “Do Barroco às Barrancas”, às 18h, Bruno Sanches, com sua viola de dez cordas, passará por nomes que vão de Bach a Rolling Stones, de Caymmi a Carreirinho, além de seu repertório autoral. Depois, das 20h às 22h, será a vez do workshop Kastrupismo: bateria, percussão brasileira e produção musical, com Guilherme Kastrup. Da provocação de tambores tradicionais e ritmos brasileiros, o músico apresenta seus processos criativos, que trazem a percussão aliada a recursos de gravação e edição de áudio.

No sábado (25), das 9h às 19h, Fabiana Batistela, da SIM (Semana Internacional de Música) São Paulo, Erick Krulikowski e Barral Lima assistem a rodadas de apresentações de sete solos, duos, trios e coletivos instrumentais, previamente inscritos e selecionados, além de conversarem com os participantes sobre performance, público-alvo, modelo de negócios, empreendedorismo criativo, cenário da música e próximos passos de carreira, no workshop “Direção artística e posicionamento de mercado”.

Às 11h, a Banda Municipal Bruno Zago, fundada há quase 90 anos em Araçatuba, apresenta canções da música popular brasileira em um espetáculo de sopros, percussão e harmonia. Na sequência, às 12h, o bandolinista Carrapicho Rangel, com seu Carrapicho Quarteto, de (Araraquara), mostra seu espetáculo autoral e de reverência a grandes compositores da música instrumental brasileira. Já às 20h30, será a vez da conversa Inventando com Tom Zé, com o grande compositor e participante do Tropicalismo. Sua singular carreira e busca pela criatividade guiarão o bate-papo.

No domingo (26), dois workshops serão oferecidos, das 14h às 16h: “O processo criativo de Arrigo Barnabé”, com o importante expoente da Vanguarda Paulista, e “Direito Autoral”, que abordará o tema na área da música. Fechando a programação, a partir das 15h, bandas de Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste se apresentam no palco Cena Brasil: Ema Stoned, de São Paulo (SP); Camarones Orquestra Guitarrística, de Natal (RN); Skrotes, de Florianópolis (SC); Lucas Estrela, do Belém (PA); e Muntchako, de Brasília (DF).

MAIS INFORMAÇÕES
As apresentações musicais são abertas ao público e as demais atividades necessitam de inscrição. Para conferir a programação completa e se inscrever em alguma formação basta acessar www.oficinasculturais.org.br/4mia .

O 4º MIA também terá atividades circulando em outros municípios do estado de São Paulo. As 23 cidades que participarão este ano são: Tupã, Tabapuã, Dracena, Bady Bassitt, Tatuí, Auriflama, Guararapes, Andradina, Catanduva, Mirassol, Fernandópolis, Valparaíso, Assis, Birigui, Pereira Barreto, Nova Granada, Promissão, Mirandópolis, Votuporanga, Lavínia, Adamantina, Santa Fé do Sul e Penápolis.

Da Redação

você pode gostar também