ZONA AZUL SERÁ TOTALMENTE DIGITAL E ENTRA EM FUNCIONAMENTO EM OUTUBRO

Na manhã desta sexta-feira representantes da ASG Engenharia, empresa vencedora da licitação de Andradina para gerenciamento do estacionamento rotativo (zona azul) fizeram a demonstração técnica do sistema à Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura e pessoas convidadas. O sistema foi aprovado porque atendeu todos os requisitos do edital. Na próxima semana a licitação deverá ser homologada e o contrato assinado. Segundo o advogado Sérgio Fonseca, da Secretaria de Negócios Jurídicos, a partir da assinatura do contrato a empresa tem até 60 dias para iniciar a operação. “Até o final de outubro o sistema, totalmente digital, estará em funcionamento”, disse Sérgio Fonseca.
O processo licitatório é dividido em várias etapas. Primeiro foi a habilitação das empresas, depois a abertura das propostas financeiras e, por fim, a avaliação técnica do sistema, o que foi feito na manhã desta sexta-feira, com a participação de membros da comissão de licitação, um engenheiro da Prefeitura, o advogado Sérgio Fonseca, o secretário de Mobilidade Urbana, Nino Spegiorin e representantes da Polícia Militar.

SISTEMA
Em Andradina a zona azul terá 1,1 mil vagas na área central da cidade. A empresa poderá implantar o sistema gradativamente. Os valores do estacionamento estão fixados pela municipal 3.425, de 14 de novembro do ano passado. Para quem estaciona por 30 minutos, o valor cobrado é R$ 0,80 por 30 minutos; R$ 1,50 por 60 e R$ 2,50 por duas horas.
A ASG Engenharia também administra a zona azul de Araçatuba por meio da Arapark. Porém, em Andradina não terá parquímetro, como em Araçatuba. O sistema será integralmente digital. O pagamento poderá ser efetuado de diferentes formas, mediante a aquisição de créditos por cartão, ou mesmo com dinheiro. Quem tiver smartphone, pode baixar o aplicativo. Quem não possui o aparelho poderá comprar os créditos de forma avulsa, com os agentes da concessionária, em cartão ou em dinheiro.
“O município visa a regulamentar a disponibilidade efetiva de vagas e a normatização de sua ocupação, assegurando vagas a todos mediante a rotatividade”, diz nota da Prefeitura sobre a licitação.

NECESSÁRIA
A criação da zona azul era uma das principais reivindicações de comerciantes locais. O empresariado participou de várias reuniões para cobrar a medida. O presidente do Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista) local, Luiz Antônio Públio, afirmou que a expectativa pela implantação era grande no setor.

DA REDAÇÃO
Andradina

você pode gostar também