BOM PRATO É INAUGURADO COM FEIJOADA E BANDA DA POLÍCIA MILITAR

feijoada é um típico prato brasileiro. Embora mais comum nos estados do Sudeste, é servido também em outras regiões. E foi exatamente a feijoada o prato escolhido para a inauguração do Restaurante Bom Prato, na manhã desta sexta-feira. A escolha não poderia ter sido melhor, como forma de reconhecer e homenagear as pessoas que vieram de várias regiões brasileiras para contribuir no desenvolvimento de Araçatuba. A iniciativa é uma parceria do governo do Estado por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e a Prefeitura de Araçatuba. Diariamente serão servidos 1,2 mil almoços e 300 cafés. O almoço custa apenas 1 real e o café, 50 centavos. A festa teve a participação da Banda Regimental da Polícia Militar.

Ao falar na solenidade, a secretária de Assistência Social de Araçatuba, Maria Cristina Domingues, destacou o empenho do governo municipal para oferecer este serviço à população. Nilde Queiroz, presidente da Aelesab (Programas de Integração e Assistência Social à Criança e Adolescente), responsável pela gestão do restaurante, falou da importância da iniciativa para a comunidade.

O presidente da Câmara Municipal de Araçatuba, Rivael Papinha, falou das inúmeras conquistas desta semana, como a assinatura de ordens de serviço, inauguração do pronto-socorro e restaurante Bom Prato. “Uma semana de conquistas e realizações para a nossa cidade”, enfatizou o vereador, citando a importância do projeto, que vai oferecer 1,2 mil refeições por dia.

“Deomerce e Dilador, não sei se vocês se casaram com comunhão de bens. Mas houve comunhão de sonhos e ideais”, disse a vice-prefeita Edna Flor para mostrar a preocupação do casal com o bem estar da população. Edna Flor, disse, emocionada, que já viu pessoas afugentar urubus para recolher alimentos. Edna falou sobre o trabalho da secretaria e as ações do Centro Pop, que hoje as pessoas são tratadas com dignidade.

O prefeito Dilador Borges lembrou que em 2013, quando foi deputado, conseguiu o Bom Prato para Araçatuba, mas não houve interesse da administração da época. “Agora estamos trazendo este benefício”, disse Dilador, que citou o governador Márcio França. O prefeito falou também do ex-governador Geraldo Alckmin e o ex-secretário, Floriano Pesaro. Dilador disse que a implantação do Bom Prato é fruto do trabalho de quem tem compromisso com a cidade e finalizou pedindo à população que ajude a fiscalizar o andamento do atendimento no local. “Ajudem a cuidar, porque isso é do povo, é de vocês”.

O secretário de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento Júnior, que veio a Araçatuba especialmente para a inauguração, afirmou que é “grato por poder participar da realização de um sonho da cidade e também da região” e ressaltou que Araçatuba recebe pessoas de toda a região. “E sabendo que aqui do lado funciona um Pronto Socorro, que foi inaugurado ontem, sabemos que esse restaurante vai atender não apenas gente de Araçatuba: o contrato do Bom Prato, então, é para toda a região”, finalizou.
Nascimento também assinou convênio com o município de Nova Luzitânia, para o repasse de verba de R$ 40 mil para o Centro de Convivência do Idoso daquele município.

INVESTIMENTO
O Governo do Estado investiu, no total, o valor de R$ 1,2 milhão no programa em Araçatuba. Destes, mais de R$ 242 mil foram para a implantação, e mais de R$ 977,4 mil para o custeio de refeições, no período de 12 meses. O investimento da Prefeitura de Araçatuba foi de R$ 273,6 mil para custear as refeições por 12 meses. Cada prato temn custo de quase R$ 6 reais, mas o cidadão paga apenas 1 real. O restante é pago pela parceria entre Governo do Estado e Município.

O Bom Prato de Araçatuba servirá 1.500 refeições diárias, sendo 1.200 no almoço, por R$ 1,00; e 300 no café da manhã, por R$ 0,50. Crianças até seis anos têm a refeição gratuita. O atendimento é de segunda a sexta-feira.

Da Redação

você pode gostar também