CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE AMPLIA GRUPOS PRIORITÁRIOS

Dois novos grupos foram incluídos na campanha de vacinação contra gripe. Adultos entre 50 a 59 e crianças de 5 a 9 anos também podem ser imunizadas. A medida foi tomada para que os municípios atinjam a meta de 90% de vacinação do público-alvo.

Também continuam sendo vacinados os profissionais da saúde, indígenas, idosos acima de 60 anos, crianças maiores de seis meses a menores de 5 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), professores, pacientes portadores de doenças crônicas e pessoas privadas de liberdade.

Em Buritama, já foram vacinadas 3.063 pessoas, o que representa 82,09% do total. A meta do Departamento de Saúde é vacinar 3.358 moradores. Segundo informações da enfermeira da Divisão de Epidemiologia, Mirlene Cristina de Freitas Garcia, apesar da meta geral ainda não ter sido alcançada, três grupos já ultrapassaram os 90%: professores (110,19%), puérperas (100%) e idosos (90,70%). Entre os profissionais de saúde, a vacinação chegou a 87,64%, já foram vacinados 84,21% de gestantes. Crianças está abaixo do esperado com apenas 51,33% de cobertura.

“O Departamento de Saúde está empenhado em atingir a meta e busca imunizar o maior número de pessoas inseridas na campanha, de forma que o município não tenha uma epidemia de gripe”, explicou o diretor de Saúde, Edilson Carlos de Paiva.

O diretor salientou que que a vacina não protege contra todos os vírus da gripe, mas protege contra as formas mais graves da doença. “Reduz as complicações e internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população alvo”, concluiu.

Para tomar a vacina é necessário levar um documento de identificação e a carteira de vacinação. Quem tem doenças crônicas deve levar a receita da medicação que usa com data dos últimos seis meses. O serviço é gratuito e oferecido das 8h às 17h nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Jaime Pinto Cunha e Nicola Lavechia.

Da Redação

você pode gostar também