PM DETÉM ADOLESCENTE DE 12 ANOS POR TRÁFICO DE DROGAS

A noite de segunda-feira (02) foi marcada por prisões e apreensões por tráfico de drogas em Araçatuba. Um adolescente de 12 anos e um ajudante, de 21, foram detidos em flagrante com pinos de cocaína e porções de crack. As ocorrências ocorreram em locais distintos do município.

O primeiro caso aconteceu na rua Canjiro Takebe, no bairro Jardim Alto da Boa Vista. Policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) receberam denúncias anônimas de que estaria ocorrendo a comercialização de entorpecentes em uma residência no local.

Diante das informações, uma equipe dirigiu-se até ao endereço para confirmar a veracidade das informações. Chegando lá, os policiais foram recebidos por uma mulher. Dias antes, o filho dela, também menor de idade, foi apreendido por tráfico de drogas. A testemunha tomou ciência sobre a denúncia e autorizou a entrada dos policiais para ser feita uma vistoria.

Foi nesse momento em que o adolescente foi localizado no interior do imóvel. Ele não mora no local e informou que estava ali para perguntar à mulher sobre o filho dela, já que os dois são amigos. Na revista pessoal, os policiais encontraram seis pinos contendo cocaína, além de R$ 63 em dinheiro.

O adolescente acabou confessando que usada a casa para traficar drogas há pelo menos três dias. Nos fundos da residência, os policiais encontraram mais 24 pinos contendo o mesmo entorpecente. Com o flagrante, o menor foi encaminhado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento na presença de um representante do Conselho Tutelar.

O delegado plantonista decidiu manter a apreensão em flagrante por ato infracional de tráfico de drogas e deixá-lo à disposição da Vara da Infância e Juventude do município.

ROCAM

Na mesma noite, poucas horas depois, outro flagrante de tráfico de drogas foi registrado em Araçatuba, dessa vez por policiais militares da Rocam (Ronda Ostensiva com o Apoio de Motocicletas).

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os PMs faziam patrulhamento de rotina pelo bairro Chácaras TV quando passaram pelo cruzamento das ruas Santo André com a Noel Rosa, em um local conhecido como “Favela do Peixe”, local de ponto de venda de entorpecentes. Eles avistaram um indivíduo em atitude suspeita, que ao ver a viatura fugiu correndo para dentro de uma mata.

Diante dessa situação, os policiais passaram a perseguir o suspeito e alguns minutos depois conseguiram fazer a abordagem. O homem, identificado como um ajudante de 21 anos estava carregando 41 pedras de crack, além de R$ 356 em dinheiro, escondidos dentro do bolso da calça que vestia. Diante do flagrante, as equipes perguntaram sobre a procedência daquela droga, mas o suspeito permaneceu calado durante todo o momento.

O indiciado foi encaminhado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento ao delegado plantonista e, mais uma vez, decidiu permanecer calado. Ele permaneceu preso à disposição da Justiça. O rapaz passou por audiência de custódia no Fórum do município na manhã de terça-feira (03) e depois foi transferido para a  cadeia pública de Penápolis, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região.

você pode gostar também