GOVERNADOR CONFIRMA AME CIRÚRGICO EM PENÁPOLIS

Penápolis será a cidade da região que receberá o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Cirúrgico, também chamado de “AME MAIS”. A confirmação foi feita pelo governador Márcio França (PSB), ontem, na própria cidade. Durante a visita, ele assinou decreto que autoriza a implantação da unidade no município. O anúncio encerra “briga” de mais de um ano com Araçatuba e Birigui pela implantação do serviço.

Antes mesmo dessa disputa política, Penápolis já tinha cedido uma área ao Estado para a construção e estava também com projeto arquitetônico pronto. De acordo com o prefeito Célio de Oliveira (PSDB), a obra está avaliada em aproximadamente R$ 10 milhões. Agora, o município aguarda a realização de processo licitatório do Estado destinado à contratação de empresa para a execução do serviço. Apesar de ainda não haver um cronograma definido, Célio espera que o ambulatório comece a funcionar até 2020, quando termina seu governo.

Com o novo serviço, Penápolis contará com todos os procedimentos médicos existentes nos AMEs – como os de Araçatuba, Andradina e Promissão. A diferença é que o local contará com cirurgias de pequena e média complexidade, como vascular, de hérnia, vesícula e ortopédica. “São cirurgias que, hoje, moradores da região têm São José do Rio Preto como referência”, pontuou o chefe do Executivo penapolense.

CRÍTICA

Apesar de pertencer ao partido político do ex-governador Geraldo Alckmin, que passou posto para França em abril para concorrer à Presidência da República, Célio fez críticas ao seu correligionário. “Márcio França fez o que o governador do PSDB não quis definir para Penápolis”, desabafou.

Na avaliação de Célio, o impasse político em torno do AME Cirúrgico se deveu ao fato de, nos primeiros quatro meses do ano passado, ele estar fora da Prefeitura. Ele estava cassado pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo), decisão esta que foi revertida em abril de 2017 no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). “Como a cidade estava vivendo uma crise política, os municípios vizinhos aproveitaram para pleitear, mas nós já tínhamos todo um projeto pronto”, enfatizou.

MEDICINA

França foi a Penápolis para prestigiar a inauguração do novo campus da Funepe (Fundação Educacional de Penápolis), que vai abrigar o curso de medicina, previsto para começar no segundo semestre.

Além do AME Cirúrgico, o governador paulista autorizou a construção de rotatória na vicinal Arnaldo Covolan, próximo à construção da indústria de laticínios Bonolat.

ARNON GOMES
Penápolis

você pode gostar também