DILADOR LIBERA ESTRADA DA ÁGUA LIMPA COM DOIS MESES DE ANTECEDÊNCIA

A chuva da madrugada do dia 9 de janeiro, 60,5 milímetros, chegando a 211,2 nos nove primeiros dias do ano, comprometeu a estrutura de uma passagem de água na Estrada Vincenzo Mannarelli (Água Limpa), pois arrastou algumas aduelas de concreto. Por medida de segurança, após análise dos técnicos, a Secretaria de Mobilidade Urbana interditou a estrada. A reclamação foi geral. Moradores temiam ter de esperar mais de um ano. Porém, na manhã desta sexta-feira, o prefeito Dilador Borges entregou abra, concluída com dois meses de antecedência, contrariando quase uma regra em obras públicas, que é o atraso.
Logo após a interdição, o prefeito Dilador Borges determinou os procedimentos necessários para execução da obra. Por estar em área de manancial, houve necessidade de licença da Cetesb e outorga do Departamento de Água e Energia Elétrica. Todo trabalho foi feito de forma coordenada para não haver atraso.
Pouco mais de três meses depois, com processo licitatório concluído, o prefeito assinou a ordem de serviço e pediu agilidade. Alguns dias depois o trabalho foi iniciado. Nesta sexta-feira, a estrada foi reaberta.

SOLENIDADE
A inauguração da nova passagem contou com a presença do prefeito Dilador Borges, da vice-prefeita Edna Flor, vereadores, secretários municipais e moradores da Água Limpa. O secretário Tadeu Consoni falou das dificuldades iniciais. “Gradeamos, aramos a terra, semeamos, cultivamos e agora começamos a colher”, disse o secretário de Planejamento.
Vereadores que falaram na solenidade também destacaram a importância da obra para os moradores. Já a vice-prefeita Edna Flor afirmou que não era apenas a liberação de uma estrada. “Aqui passam nossos alimentos, a merenda escolar, as nossas crianças que vão para a escola, a segurança e a saúde”, disse a vice-prefeita.
O prefeito Dilador Borges destacou a participação de diferentes setores da administração, como os secretários Tadeu Consoni e Constantino Vourlis. Falou, também, sobre o apoio dos vereadores. Segundo o prefeito, vários moradores, como Estela Rui e Santo Denadai, que estavam presentes, cobraram a obra. “Nós tínhamos prazos a cumprir. Mas fizemos o possível para executar a obra o mais rapidamente”, disse Dilador.
Ao final, Estela Rui agradeceiu o empenho e até mesmo pediu desculpas.

 

você pode gostar também