BANDIDO TENTA APLICAR GOLPE DO FALSO SEQUESTRO, MAS VÍTIMA DESCOBRE FARSA

Mais uma tentativa de golpe do falso sequestro foi registrada em Araçatuba na terça-feira (26). A vítima, uma idosa de 73 anos, percebeu que poderia estar caindo no crime e descobriu toda a mentira.

Ela procurou a Central de Flagrantes para registrar um boletim de ocorrência e informou aos investigadores que estava na residência onde mora, no bairro Vila Estádio, quando recebeu uma ligação do telefone fixo. Ao atender, um homem desconhecido disse que havia sequestrado a filha dela.

O criminoso informou ainda que estava com uma arma apontada para a cabeça da vítima e, caso ela não efetuasse o pagamento de mil reais, a mataria. A mulher, assustada com a situação, disse que não tinha todo esse valor. Foi a partir desse momento em que o estelionatário reduziu o valor para R$ 600.

A idosa concordou em fazer o pagamento e foi orientada pelo bandido a deixar o telefone fora do gancho enquanto iria fazer o depósito. O fato começou a gerar desconfiança e logo em seguida, a idosa decidiu ligar para uma das filhas e confirmou que estava tudo bem. O caso foi registrado como extorsão e um inquérito aberto pelo primeiro distrito policial do município.

OUTROS GOLPES

Na semana passada, outros dois casos do mesmo tipo foram registrados em Araçatuba. Segundo informações da Polícia Civil, uma idosa, de 68 anos, estava na residência onde mora quando recebeu a ligação dos estelionatários. Uma mulher disse ao telefone que era sua filha e havia sido sequestrada. Logo em seguida, um indivíduo desconhecido começou a falar que estava com a suposta vítima e exigiu R$ 30 mil para libertá-la.

A idosa, acreditando que toda a história fosse verdadeira, informou não ter todo o valor. Foi nesse momento em que o criminoso acertou com ela a falsa libertação por dez mil reais e que o primeiro depósito deveria ser de apenas mil. A declarante foi até a um casa lotérica, mas encontrou o estabelecimento fechado.

Na sequência, ela foi até a uma agência bancária na qual possui conta e fez o depósito, conforme o combinado. Nesse intervalo de tempo, o verdadeiro filho da vítima chegou em casa, quando o telefone tocou novamente. Ele atendeu e do outro lado da linha o mesmo estelionatário aplicou mais uma vez o golpe do falso sequestro. Dessa vez, o suspeito disse que havia sequestrado a mãe do rapaz e exigiu R$ 50 mil.

O biólogo informou que não tinha todo o dinheiro e os dois acabaram combinando um depósito de mais mil reais. O homem também foi até a uma agência bancária e depositou a quantia na conta dos autores. Ao chegar à residência, encontrou a mãe e foi nesse momento em que eles perceberam o golpe. Os casos também continuam sendo investigados pela Polícia Civil.

você pode gostar também