ASSINADA ORDEM DE SERVIÇO PARA RECAPEAMENTO DE R$ 4,7 MILHÕES

ANTÔNIO CRISPIM
Araçatuba

Na presença de vereadores e secretários municipais, o prefeito Dilador Borges assinou na tarde dessa terça-feira ordem de serviços para execução de recapeamento e instalação de semáforos (reportagem na página 8). Para recapeamento foram dois contratos totalizando R$ 4.757.539,81 e mais R$ 671.862,42 para o semáforo. As três ordens de serviço totalizaram R$ 5.429.402,23.
Até o fim do ano a Prefeitura deve investir aproximadamente R$ 10 milhões em recapeamento. De acordo o prefeito, são vários convênios e contratos, resultados de emendas de parlamentares e atuação da administração. Para estabelecer as prioridades, equipes técnicos da Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação percorreram toda a cidade. “Vamos priorizar os trechos mais comprometidos”, explicou o secretário Tadeu Consoni, lembrando que a proposta é garantir mais segurança nas vias.
O primeiro contrato de pavimentação foi assinado com a empresa Auge, de Araçatuba, no valor de R$ 4.128.290,51. Trata-se dos R$ 4 milhões liberados pelo governador Márcio França quando esteve em Araçatuba e atendeu pedido do prefeito. A total das obras estava orçado em R$ 4.213.260,69. O deságio foi de pouco mais de 2%. A Prefeitura vai dar a contrapartida. O presidente da Câmara, Rivael Papinha (PSB), falou sobre o trabalho para a liberação dos recursos junto ao governo. O prefeito Dilador Borges agradeceu ao governador Márcio França, o empenho de Papinha e o apoio dos vereadores.
Segundo o engenheiro Rafael Carvalho de Francisco, diretor proprietário da empresa, o trabalho começa imediatamente. A empresa deverá gerar entre 10 e 20 empregos diretos. Como já tem seu quadro de pessoal, será necessário apenas reforçar as equipes.
O primeiro trecho a ser recapeado será da Rua Aguapeí entre a Rua Marechal Deodoro e o Cristo Redentor. O trabalho vai continuar em trechos de várias vias (os mais comprometidos), como a Valdir Felizola de Moraes (entre a Baguaçu e a Odorindo Perenha), Marcílio Dias, Mário Covas, Ibirapuera (entre Porangaba e José Caetano Ruas), Regente Feijó, Bandeirantes, Bahia, Humaitá, Aquidaban, Major Mendonça, Padre Lepret, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Sergipe e outras.
Segundo o prefeito, são vários contratos e outras vias serão contempladas em novas fases do trabalho, como o recapeamento da Prestes Maia entre Valdemar Alves e Dois de Dezembro; a Aguapeí entre o Cristo Redentor e o viaduto sobre a SP 463 (Jorge Maluly Neto) e outras.
O segundo contrato foi assinado com a empresa Servipav, de Araçatuba, para recapeamento de ruas do Conjunto Claudionor Cinti. O contrato, no valor de R$ 629.249,30 foi assinado por João Gabriel Galípio. O trabalho também vai começar imediatamente. De acordo com o prefeito, o recapeamento do bairro foi um pedido do vereador Antônio Edwaldo Dunga Costa ao deputado Rodrigo Garcia, que na época era secretário da Habitação. O dinheiro para recapeamento do conjunto foi liberado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

você pode gostar também