EVENTO SOLIDÁRIO ARRECADA R$ 22 MIL PARA A SANTA CASA DE ARAÇATUBA

PAULA SANTOS
Araçatuba

Com a finalidade de contribuir para a aquisição de um tomógrafo para uso exclusivo dos pacientes que fazem tratamento de câncer na Santa Casa de Araçatuba, o Grupo de Amigos Posso Ajudar, apoiado pela Polícia Civil, arrecadou R$22.855,48 com a realização do evento “Flashback Solidário”. O valor foi entregue durante cerimônia, nesta quinta-feira (21), na Santa Casa.
O Flashback foi realizado no dia 9 de junho, no Clube dos Bancários e contou com músicas dos anos 60, 70, 80 e 90, além de mesa de frios e massas no jantar. Segundo a Diretora Social do Grupo, Neuza Aparecida de Freitas Santana, a intenção inicial era vender 500 convites, mas o evento teve grande repercussão e foram vendidos 615.
Após descobrir que estava com câncer de mama, Santana iniciou, há um ano, o tratamento da doença, quando passou a fazer quimioterapia em um hospital particular e radioterapia na Santa Casa. Por ter gostado muito do atendimento e da estrutura da Santa Casa e ter tomado conhecimento da necessidade de o hospital adquirir outro tomógrafo para aumentar a abrangência do tratamento de pessoas com câncer, resolveu, junto aos demais integrantes do grupo, realizar o evento como forma de contribuição.
A Santa Casa já possui dois tomógrafos, ambos destinados a atender demandas de todas as especialidades, de 40 cidades da região. Segundo informado pela assessoria de imprensa do hospital, a demanda recebida pelo Serviço de Oncologia da Santa Casa é muito grande e os exames auxiliam o monitoramento tanto de tumores, quanto do tratamento que está sendo realizado, para ver se há ou não regressão dos tumores. “Foi aberta uma conta exclusiva para a compra do equipamento, que custa em torno de R$1 milhão, incluindo a instalação. Até o momento, a conta tem por volta de R$100 mil”, informou.
Durante a cerimônia realizada para entrega do cheque, Neuza Santana disse que, embora o resultado tenha sido satisfatório, é importante que haja maior colaboração das pessoas em eventos futuros. “Arrecadamos R$39.634,20, porém, como recebemos poucas doações, foi necessário investir mais de R$16.700 na festa. Isso resultou em R$22.855,48 a ser direcionado à Santa Casa, o que, embora seja um ótimo valor, ainda poderia ser maior”, explicou. Esse foi o maior valor arrecadado pelo grupo até hoje, segundo informado pela diretora.

GRUPO
O Grupo de Amigos Posso Ajudar existe há 14 anos e é composto, atualmente, por 40 pessoas (20 casais). Todos os anos, os integrantes promovem eventos e direcionam toda a arrecadação a alguma entidade, já tendo feito parte de diversas campanhas. O grupo foi uma iniciativa de Carlos Roberto Santana.
Segundo a diretora social do grupo, Neuza Santana, a pretensão é realizar outros eventos como esse, onde uma parte do dinheiro arrecadado continuará a ser direcionado à Santa Casa, e a outra parte a alguma entidade.

 

você pode gostar também