PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO É PROTOCOLADO JUNTO A COMPANHIA DE ENERGIA

DA REDAÇÃO
Araçatuba

A Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (SMPUH) de Araçatuba protocolou, nesta terça-feira (19), projeto para a liberação da pavimentação de um trecho da Avenida Juscelino Kubitschek. O documento foi assinado pelo gerente de planejamento da CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista), Raphael Molina Neto. A concessionária de energia é responsável por emitir a Autorização para Ocupação de Faixa de Servidão, correspondente à área da avenida a ser beneficiada.
A entrega do documento à empresa foi feita no gabinete do prefeito Dilador Borges, com a presença dos vereadores Rivael Papinha, Márcio Saito, Almir Fernandes Lima, Gilberto Batata Mantovani e do engenheiro eletricista da SMPUH, Fabrício Cartarozzi.
“Precisamos de autorização da CETEEP para fazer qualquer tipo de intervenção na avenida. Somente após a visita do prefeito à Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), conseguimos que um representante da CTEEP viesse à prefeitura para receber nosso projeto de pavimentação e iluminação. Dependemos da liberação da área na Avenida Juscelino Kubitschek, que está sob domínio da CTEEP, para que possamos colocar o projeto em prática e asfaltar a referida avenida”, disse o secretário de Planejamento, Tadeu Consoni.
O prefeito Dilador Borges avaliou positivamente a presença do representante da concessionária e solicitou a ele uma resposta o mais breve possível a respeito do projeto.

PRIORIDADE
A Avenida Juscelino Kubitschek é uma das cinco vias que o prefeito Dilador Borges pretende concluir. A outras são a Dois de Dezembro, Joaquim Pompeu de Toledo, Paranapanema e a segunda pista do final da Prestes Maia. Com aproximadamente 2 mil metros de extensão, a Juscelino Kubitschek tem apenas 300 metros com traçado legalizado. O restante não atende às normas legais. Por isso a Prefeitura presisa de autorização para executar.
Para o prefeito Dilador Borges, a pavimentação, urbanização e ajardinamento da avenida irá aumentar a segurança. “Hoje chegam a colocar fogo sob o linhão e próximo às torres”, disse o prefeito.

você pode gostar também