INCÊNDIO QUEIMA EXTENSA ÁREA PERTO DO RECINTO DE EXPOSIÇÕES DE ARAÇATUBA

O tempo seco e a baixa umidade relativa do ar são fatores climáticos que aumentam as chances de queimadas, principalmente na região de Araçatuba. A falta de chuva vem provocando diversos incêndios em pastagens do município, atrapalhando a vida de milhares de pessoas. Muitas vezes, o fator humano também é o responsável pelos inúmeros focos de incêndio, principalmente nessa época mais propícia.

Um incêndio destruiu uma extensa área de pastagem e reserva ambiental de Araçatuba na manhã de terça-feira (19). O fogo começou de forma desconhecida atrás do Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado e se prolongou até chegar bem próximo ao prédio da Fundação Casa.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o chamado para o Corpo de Bombeiros chegou nas primeiras horas da manhã. Duas equipes com caminhões foram deslocadas para o atendimento que só foi terminar já no meio da tarde.

Os homens da Corporação também saíram individualmente tentando apagar os focos de incêndio. Eles tiveram que até quebrar uma porteira de uma propriedade rural para conseguirem ter acesso ao local e apagarem as chamas.

Por conta do tempo seco, os focos foram aumentando rapidamente. O vento também acabou prejudicando e atrapalhando o trabalho das equipes dos Bombeiros, mas logo um cerco foi feito e os soldados conseguiram diminuir a propagação. Depois de mais cinco horas de combate, os brigadistas conseguiram controlar a situação.

Uma densa nuvem de fumaça branca se formou e podia ser vista de longe. Apesar da proximidade com a área urbana de Araçatuba, o incêndio não chegou a se alastrar para nenhuma residência ou outro tipo de imóvel. Até o fechamento desta edição, o Corpo de Bombeiros ainda não havia estimado em número a área destruída.

você pode gostar também