NICKI MINAJ RESPONDE À ALTURA SEGUIDOR QUE A CHAMOU DE HIPÓCRITA PELA LETRA DE “BED”

Esta semana Nicki Minaj foi capa da revista Elle e deu fortes declarações sobre sua imagem mais sexualizada. A rapper fez uma comparação de si própria com strippers e meninas que vendem sexo por dinheiro. “Eu não sei se eu estou fazendo a mesma coisa que elas estão fazendo porque eu estou vendo sex appeal. Então não posso julgar essas garotas. Eu posso não estar fazendo sexo com as pessoas, mas estou vendendo sex appeal”, falou.

Ainda na entrevista, ela disse: “Eu amo ser sexy; eu nunca vou deixar de ser uma exibicionista”, mas isso acabou tendo consequências negativas. Uma de suas mensagens no novo álbum é “não há problema em manter as pernas fechadas”, fala ela, sem tentar parecer ofensiva com personalidades mais sexuais.

Lendo isso, um seguidor foi ao Twitter reclamar que Nicki Minaj estava sendo hipócrita quando lançou “Bed”, música com Ariana Grande que tem teor sexual. “Suas letras são hipócritas. Você foi e julgou certos tipos de mulheres porque essa não era a sua rota (supostamente). As pessoas precisam parar de tentar ditar e policiar as mulheres e seus corpos! Se você não pode ajudar, não fira”, escreveu.

A rapper não concordou nada com a acusação e respondeu à altura. “Seu idiota. Se ao menos você tivesse lido o artigo, eu estava me criticando mais do que qualquer coisa. O que eu disse foi: ESPERO QUE minhas LETRAS e FOTOS sexuais não façam meus fãs pensarem que eu estou dizendo a eles para serem promíscuos e saberem o valor deles! Letras, fotos e SEXO são coisas diferentes”, afirmou.

Ela continua: “Uma mulher pode ser uma ‘aberração’ com seu homem, sexual, cuspir letras explícitas, uma exibicionista, ser extravagante e exigir que os homens a tratem como uma RAINHA e isso não significa que eu esteja vendendo meu corpo”, soltou.

Ela completou comemorando que “Bed” está em primeiro lugar em 48 países. “Estou muito feliz”, disse ela.

Da Redação

você pode gostar também