COMERCIANTES SE UNEM EM DECORAÇÃO VERDE E AMARELA

ARNON GOMES
Araçatuba

O empresário Júlio César Soares não deixou, neste ano, morrer um costume iniciado por seu pai há quatro copas do mundo. Como nos mundiais anteriores, entre a segunda quinzena de junho e a primeira de julho, intervalo de duração da Copa da Rússia, quem passar pela Rua do Fico, em Araçatuba, irá se deparar com bandeiras verde e amarela ocupando pelo menos quatro quarteirões.
Além de colocar um dos principais corredores comerciais da cidade no “clima” da competição mais importante do futebol, a expectativa é que a decoração atraia mais consumidores.
À frente da iniciativa, Soares se mostra otimista com a Copa. “A colocação das bandeirinhas torna o local um ponto de encontro para a torcida. Daí, as pessoas se sentem motivadas a comprar adereços, camisetas da seleção brasileira, fogos…”, diz o empresário, que tem uma loja no ramo de fogos de artifício.
Cerca de 40 lojistas aderiram à ideia de enfeitar a famosa rua do comércio araçatubense. Eles aderiram a uma “vaquinha” e cada um colaborou com uma quantia. A ação contou ainda com apoio da Secretaria Municipal de Cultura. Ontem, durante a tarde, parte da via estava interditada para a colocação dos enfeites.
Por toda a cidade, vários são as lojas que apostam na Copa para faturar mais. Quem vai ao comércio de Araçatuba encontra ampla variedade de bandeiras, camisetas, faixas, perucas, cornetas, entre outros instrumentos alusivos ao Mundial de 2018.

HORÁRIOS
Conforme O LIBERAL REGIONAL noticiou na última terça-feira, a Copa irá alterar horários de prefeituras, bancos e comércio. No setor comercial, segundo a Acia (Associação Comercial e Industrial de Araçatuba), as lojas não estão obrigadas a fechar mais cedo ou a abrir mais tarde em dias de jogos do Brasil. Há apenas uma recomendação nesse sentido, em virtude de a movimentação cair consideravelmente durante os jogos da seleção.

você pode gostar também