Expedição Baguaçu reúne mais de 100 pessoas em ação de limpeza

Como evento integrante das comemorações da Semana do Meio Ambiente, na manhã deste sábado foi desenvolvida a 2ª Expedição Baguaçu. A iniciativa foi da Samar e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade. De acordo com a assessoria da Samar, o projeto nasceu após a realização de encontros para organizar ações de preservação e conscientização sobre a importância do Ribeirão Baguaçu. O resultado foi a criação da Expedição Baguaçu. Nesta segunda edição, houve a participação de mais de 100 pessoas, entre escoteiros mirins, atiradores do TG, bombeiros, Polícia Ambiental, Polícia Militar, Guardar Municipal, ambientalistas, educadores ambientais e voluntários.
Na primeira expedição, desenvolvida no ano passado, no trecho compreendido entre a Rodovia Marechal Rondon e a sede da Samar, preocupação maior foi fazer um diagnóstico sobre a situação do ribeirão, como pontos de assoreamento, fauna e flora existentes. Já nesta segunda expedição, o trabalho foi no trecho entre o Parque Ecológico Baguaçu e a região do Conjunto Vicente Grosso, numa extensão de aproximadamente 3 mil metros. As equipes percorreram às margens do ribeirão para traçar um diagnóstico completo das atuais condições do rio e definir ações de preservação, reposição de mata ciliar e conscientização da população do entorno, além de identificação das espécies que compõem a fauna e flora.

Nesta segunda expedição, com participação maior de pessoas, foi feita ampla limpeza do ribeirão e suas margens. Dezenas de sacos de lixo foram retiradas do local, com muito material plástico e pneus. A conscientização da população do entorno é uma dos objetivos da expedição.

A CONCENTRAÇÃO
A concentração dos participantes foi no Parque Ecológico Baguaçu, a partir das 8 horas. No local foi servido café da manhã. Na solenidade de abertura, o secretário de Meio Ambiente, Petrônio Pereira Lima, falou da preocupação do atual governo com o meio ambiente. Ele citou a resolução da Organização das Nações Unidas que este ano, na Semana do Meio Ambiente, alertou que o mundo está sendo inundado por plástico. Petrônio Lima agradeceu a presença de todos e destacou a participação de vários parceiros.

Na solenidade também falaram o representante da Samar, Fernando Sávio e os vereadores Rivael Papinha (presidente da Câmara) e Márcio Saito (membro da Comissão de Meio Ambiente), todos destacando a importância da iniciativa para conscientização da sociedade.

A TRILHA
A trilha saiu do Parque Ecológico Baguaçu e seguiu até o conjunto Vicente Grosso. Na área do parque, permaneceu a maioria das pessoas, principalmente os escoteiros com a missão de recolher lixo às margens do ribeirão. Outro grupo seguiu a trilha até o final. A caminhada teve grau de dificuldade moderado e duração aproximada de duas horas e meia.

Da Redação

você pode gostar também