PM prende homem que queria matar a ex-mulher no bairro Atlântico

Um auxiliar de mecânico de 23 anos foi preso em flagrante na madrugada de quarta-feira (30) depois de ameaçar e tentar matar a ex-companheira de morte, no bairro Atlântico 1, em Araçatuba.

Policiais militares faziam patrulhamento de rotina pela rua José Cinti Neto quando escutaram uma mulher gritando por socorro de dentro de uma residência. Os PMs estranharam a situação, desceram da viatura e entraram no imóvel, já que o portão da frente estava aberto.

As equipes viram o autor segurando uma faca. Mesmo com a presença dos policiais ele não quis largar o objeto e, por esse motivo, acabou sendo desarmado e imobilizado. Na sequência, o rapaz foi algemado, já que segundo a polícia, se encontrava bastante alterado.

A mulher, uma dona de casa de 27 anos, informou que já teve um relacionamento com o indiciado, mas ele não aceita o término. Por mensagens no celular, o suspeito fez diversas ameaças de morte contra ele, inclusive dizendo que cortaria sua cabeça. Na madrugada de ontem, o homem conseguiu invadir a casa e estava disposto a matar a declarante.

Em pesquisa no banco de dados do governo do estado, a polícia descobriu que o investigado deixou uma unidade prisional em outubro do ano passado depois que também tentou matar a ex-companheira. Depois do fato, ela requisitou medida protetiva, que foi descumprida pelo indiciado.

Ele foi encaminhado até a Central de Flagrantes, onde foi ouvido. O delegado plantonista decidiu manter a prisão em flagrante por ameaça, violência doméstica e descumprimento de medida protetiva. O jovem passou por audiência de custódia no Fórum da cidade e depois foi encaminhado até a cadeia pública de Penápolis.

A dona de casa não ficou ferida na ação. A Polícia Civil abriu inquérito pelo terceiro distrito policial para dar andamento às investigações do caso.

você pode gostar também