Concursos públicos marcados para este fim de semana são suspensos

Depois de meses ou até um ano de preparação, pelo menos duas sensações: frustração ou de fôlego para estudar mais. A greve dos caminhoneiros trouxe consequências na vida daqueles que sonham com uma carreira no serviços público. Concursos marcados para este fim de semana, envolvendo candidatos da região de Araçatuba, foram suspensos em decorrência da manifestações, conforme comunicados distribuídos ao longo da sexta-feira.

Um dos primeiros anúncios foi divulgado pelo TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região), que engloba Araçatuba. Certame marcado para amanhã, destinado a preencher vagas e formar cadastro de reserva em áreas com exigências de nível médio ou superior, foi suspenso “por não haver condições técnicas e de segurança para tanto”. O objetivo, diz a instituição, é preservar a segurança e o deslocamento dos candidatos inscritos.

Durante a tarde, a Polícia também comunicou adiamento de prova para candidatos à carreira de delegado até então prevista para este domingo. O concurso seria realizado em onze cidades do Estado, dentre as quais Araçatuba. Conforme o texto divulgado pela Academia de Polícia “Dr. Coriolano Nogueira Cobra”, o objetivo é propiciar a todos os inscritos a participação no concurso. “Outras providências a serem adotadas e demais informações referentes à nova data e realização da prova serão divulgadas no momento oportuno”, diz o documento.

Por fim, outra suspensão anunciada foi a da segunda fase do Exame de Ordem Unificado, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). A aplicação também iria acontecer amanhã. Na justificativa, a inexistência de “condições de logística para a entrega e aplicação das provas de forma uniforme, com segurança, sigilo e eficiência em todo o território nacional”. O objetivo, prossegue a entidade, é “preservar a segurança e o deslocamento dos examinados, em razão das manifestações ocorridas nos últimos dias que acarretaram no bloqueio de rodovias estaduais e federais no país”.

Nos fóruns, suspensão de prazos e redução de expedientes
Nos fóruns, a greve dos caminhoneiros impactou com a redução dos expedientes e a suspensão dos prazos processuais por tempo indeterminado.

Na Justiça Estadual, o presidente do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, emitiu comunicado em que autorizou o encerramento do expediente forense em todas as repartições do Estado, ontem, para as 17h. Normalmente, as atividades diárias terminam às 19h.

Outra medida adotada pelo Judiciário, que também impactou a região de Araçatuba, foi a suspensão dos prazos processuais pelo menos nessa sexta-feira.

“Com a suspensão, processos que vencem hoje (sexta-feira) ficam prorrogados para sexta-feira, 28 de maio”, explica o diretor da 2ª Regional de Araçatuba, juiz Emerson Sumariva Júnior. “Quanto aos expedientes, houve a redução da carga horária por ordem estadual, mas as atividades foram realizadas normalmente”, completa.

A reportagem apurou que, no Ministério Público, a redução do expediente acompanhou a determinação do TJ. Com isso, as promotorias na região funcionaram na quinta-feira e ontem até às 17h.

Na Justiça do Trabalho, o expediente também foi reduzido. As audiências foram mantidas, mas, havendo algum impeditivo, poderão ser suspensas. O mesmo informado pela Justiça Federal de Araçatuba.

Aulas e espetáculos artísticos são prejudicados
As áreas de educação e cultura também não escaparam dos efeitos da greve. Em Araçatuba, estabelecimentos de ensino superior chegaram a cancelar aulas de pós-graduação marcadas para este sábado. Isso porque muitas instituições recebem estudantes de cidades vizinhas, que ficam prejudicados com o desabastecimento de combustíveis. A nova data da aula suspensa ainda será comunicada.

Por outro lado, universidades que não cancelaram as aulas deste sábado deixaram seus alunos de sobreaviso. Estudantes foram informados para que, em caso de dificuldade de deslocamento, entrem em contato com o estabelecimento de ensino.

No campo cultural, duas apresentações que aconteceriam no Sesc Birigui neste final de semana foram adiadas: os espetáculos “Jacy”, que estava marcado para hoje às 20h, e “Varal de Memórias”, previsto para as 16h. As atrações serão reagendadas.

Da Redação

você pode gostar também