Governo muda legislação e prédios das UPAs vão funcionar como UBS

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Depois de vários anos de obras paradas e aproximadamente R$ 6 milhões de investimentos sem qualquer benefício direto para a população, finalmente os prédios das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) do Umuarama e do Morada dos Nobres poderão ser usados para instalação de unidades básicas de saúde. Na abertura da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, o presidente Michel Temer assinou o decreto que altera legislação sobre a readequação da rede física do Sistema Único de Saúde (SUS). Isso permitirá que as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) possam atender como Unidades Básicas de Saúde (UBS), facilitando o atendimento da população e da gestão por parte dos municípios.

O prefeito de Araçatuba Dilador Borges (PSDB) destacou a movimentação feita pelos prefeitos do país inteiro para que a mudança anunciada pelo presidente se tornasse realidade. “Estive com nossa secretária de Saúde, Carmem Guariente e com vários prefeitos em Brasília, por diversas vezes, pedindo que as UPAs pudessem atender como UBSs, é muito triste ver prédios parados por questões que tornavam o funcionamento das UPAs inviáveis para o município. O custo mensal seria de mais de R$1,5 milhão por mês, agora poderemos estudar novas possibilidades” explicou.

UPA UMUARAMA

As obras da UPA Umuarama, com investimentos da ordem de R$ 2,8 milhões, foram concluídas no início de 2014. Porém, foi inaugrurada apenas no final de 2016, como um dos últimos anos do governo Cido Sério. Mesmo assim, a unidade não funcionou e até hoje está fechada. A legislação não permitia o uso para outra finalidade.

A UPA do Umuarama já tem todo o planejamento para se transformar em UBS com horário estendido até às 22h. Esta será a segunda unidade com este horário. A primeira foi do Pedro Perri. O planejamento da Secretaria de Saúde é dividir as sete equipes do programa Saúde da Família que hoje atendem pela UBS Umuarama para que metade atenda em cada uma das unidades. A ideia é colocar em funcionamento no segundo semestre. O prédio precisa de pequenas adequações.

A atual UBS Umuarama atende população estimada de 30 mil habitantes. São, em média, 380 atendimentos diários. Com a divisão, será possível prestar melhor serviço à população.

UPA MORADA DOS NOBRES

UPA Morada dos Nobres começou a ser construída em março de 2014 com investimento de R$ 2,8 milhões e ainda não foi concluída. A conclusão da unidade vai custar mais de R$ 800 mil aos cofres municipais. Porém, agora, a unidade poderá entrar em funcionamento.

Quanto à UPA Morada dos Nobres também será usada para UBS. Para isso, paralelamente, será feito o mapeamento dos atendimentos em toda a Zona Sul e serão terminadas as adequações do prédio. Por isso, a estimativa é para o segundo semestre de 2019.

você pode gostar também