Polícia encontra cocaína e pedras de crack durante ocorrências em Araçatuba

A Polícia Civil de Araçatuba está a procura de um auxiliar de mecânico de 23 anos suspeito de traficar drogas no bairro Atlântico, zona norte da cidade. Durante a noite de segunda-feira (21), policiais encontraram centenas de pinos vazios e mais de 200 contendo cocaína em uma casa abandonada.

Segundo informações do boletim de ocorrência, as equipes da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) já investigavam o suspeito, já que existiam diversas denúncias de que ele comercializava entorpecentes nos bairros Atlântico 1 e 2. Durante a tarde, os investigadores receberam outra denúncia anônima, dando conta que o investigado esconderia todas as drogas em uma casa abandonada na rua João Maria Gomes.

Diante das informações, os policiais dirigiram-se até ao local e encontraram o imóvel. Na vistoria interna, eles perceberam que as portas estavam abertas. No forro da residência, eles encontraram diversas sacolas contendo centenas de microtubos usados para embalar entorpecente, além de 206 pinos com cocaína. No mesmo local também foram localizadas cinco munições de calibre 38.

Os objetos permaneceram apreendidos e foram levados até a Central de Flagrantes e passariam por perícia. Os investigadores fizeram patrulhamento por diversas ruas dos bairros, na tentativa de localizar o suspeito, mas até o fechamento desta edição ele continuava foragido. Um inquérito foi aberto para dar andamento às investigações sobre o caso.

BAIRRO ALVORADA

Aproximadamente uma hora depois, uma equipe da Força Tática, da Polícia Militar, prendeu um desempregado de 22 anos com pedras de crack na casa onde mora, no bairro Alvorada.

As equipes faziam patrulhamento de rotina quando pela Rua Paula Souza viram o indiciado em frente ao portão da residência. O rapaz correu para o interior do imóvel ao ver a viatura e foi perseguido. Ele se escondeu dentro de um dos banheiros, mas mesmo assim foi abordado.

Na revista pessoal, nada de ilícito foi localizado. Porém, os PMs encontraram R$ 300 em dinheiro escondidos dentro de uma gaveta. Já em uma caixa de som, os policiais encontraram mais R$ 148 em notas diversas, além de 23 pedras e crack. O homem confessou em depoimento que comercializava cada porção por cinco reais para ajudar no pagamento do aluguel da casa.

Diante do flagrante, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado até a delegacia, onde prestou depoimento. O autor não quis informar o fornecedor da droga. O delegado plantonista manteve a prisão e o deixou à disposição da Justiça.

você pode gostar também