Governador libera mais de R$ 15 milhões aos municípios da região

VITOR MORETTI – Araçatuba

Menos de duas semanas depois, o governador e pré-candidato à reeleição Márcio França (PSB) cumpriu agenda em Araçatuba e região na segunda-feira (14) novamente. Ele participou da assinatura de convênios e liberou mais de R$ 15 milhões para cerca de 20 municípios. O dinheiro será usado em obras de infraestrutura, principalmente recape e pavimentação asfáltica.
A solenidade foi realizada no auditório da Santa Casa de Araçatuba e contou com a presença de prefeitos, vereadores, secretários municipais e estaduais, além de deputados da região.
O governador repassou todos os recursos aos municípios de Araçatuba e Birigui, que juntos receberam R$ 8 milhões, a Alto Alegre, Barbosa, Bento de Abreu, Bilac, Birigui, Brejo Alegre, Buritama, Castilho, Clementina, Guzolândia, Itapura, Júlio de Mesquita, Lavínia, Mirandópolis, Nova Castilho, Nova Luzitânia, Penápolis, Piacatu, Santópolis do Aguapeí, Sebastianópolis do Sul e Turiúba.
O montante será utilizado exclusivamente para obras de infraestrutura, como recape e pavimentação asfáltica.
“Nós temos um asfalto perfeito nas rodovias, mas quando chegamos às cidades a encontramos cheio de buracos. As prefeituras não conseguem angariar os recursos e muita gente acaba colocando a culpa nos prefeitos. Por isso, o governo do Estado assume esse compromisso de ajudar esses municípios liberando essas verbas”, afirmou o governador durante discurso.
Além disso, Márcio França aproveitou a vinda à região de Araçatuba para entregar os certificados aos MITs (Municípios de Interesse Turístico). Barbosa, com sete mil habitantes, Itapura, com 4.700 moradores e Sud Mennucci, com 7.700 cidadãos, vão receber a partir de agora R$ 600 mil por ano para investimentos na área turística.

SAÚDE
O governador aproveitou para repassar R$ 2,5 milhões à unidade hospitalar para a compra de um novo equipamento de hemodinâmica. Com isso, será possível a ampliação da oferta de cateterismos, angioplastias e arteriografias, utilizados no tratamento de pacientes com problemas cardíacos. Em seu discurso, Márcio França destacou a importância da Santa Casa não somente para Araçatuba, mas também para todas as cidades da região.
A entidade solicitou ainda ao governo de São Paulo, com caráter de urgência, a concessão de mais R$ 1,5 milhão para a obtenção de recursos direcionados à reestruturação do parque tecnológico e instrumentais do centro cirúrgico, para garantir o atendimento em meio ao aumento da demanda. Somente no ano passado, segundo o hospital, 16.152 cirurgias de média e alta complexidade foram realizadas.

ENTREGA
À tarde, o governador em exercício seguiu para Pereira Barreto, cidade a 131 quilômetros de Araçatuba, onde entregou 211 casas do Conjunto Habitacional G2. O político aproveitou a oportunidade para assinar uma emenda destinada ao município. Depois, ele seguiu para Irapuru, no Oeste Paulista, local em que fez a entrega de mais 216 unidades habitacionais do Conjunto Irapuru F.

Em meio a pacote de bondades para os
prefeitos, França declara apoio a Alckmin

Faltando apenas cinco meses para as eleições governamentais e presidenciais, em entrevista coletiva à imprensa logo após a assinatura de convênios e repasses de verbas na região de Araçatuba, Márcio França comentou sobre o atual cenário político. Perguntado pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL se apoiaria o ex-governador e pré-candidato à presidência da República, Geraldo Alckmin, ao posto de chefe do Executivo, França foi categórico.
“Devo apoiar sim. Acredito que o Alckmin é o melhor nome para poder gerir este país nos próximos anos. Agora só tenho que tentar convencer o restante do meu partido”, respondeu.
Ainda durante o discurso, o atual governador teceu diversos elogios ao antecessor. “Se não fosse a gestão de Geraldo Alckmin, nós não estaríamos aqui hoje fazendo o repasse desses recursos. Eu não tenho do que reclamar. Geralmente quando o governador sai para ser candidato a outro cargo eletivo, o vice também não quer ficar por conta dos problemas encontrados. Nesse caso, não. Eu assumi o posto com tudo encaminhado”, elencou.

POLÊMICA
Márcio França também aproveitou a entrevista coletiva para rebater críticas ao ato de homenagear a policial militar que matou um criminoso durante uma tentativa de assalto em frente a uma escola em Suzano, na grande São Paulo, na véspera do Dia das Mães. O bandido foi atingido por três tiros e morreu na Santa Casa. No local seria realizada uma festa com crianças e suas mães.
“Ela fez o procedimento corretíssimo, ela não errou em nada. Não havia possiblidade de fazer imobilização do rapaz, porque ele atirou nela também. A gente não quer, claro, conflitos com mortes, mas o policial tem que estar preservado. A farda dele é a extensão do Estado de São Paulo”.

 

 

você pode gostar também