Centro Ambiental realiza trabalho educativo sobre descarte do lixo

O Centro de Educação Ambiental do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) realizou na terça-feira (8) uma ação educativa no bairro Gualter Monteiro. O intuito foi sensibilizar a comunidade para sua participação efetiva no descarte correto dos resíduos sólidos. Com o trabalho foi possível promover o incentivo à separação dos resíduos orgânicos e recicláveis, além de orientações sobre o cuidado necessário com a rede de esgoto.

A ação contou com a parceria do Serviço Municipal de Vigilância Epidemiológica e Tiro de Guerra, cujos integrantes fizeram a coleta de resíduos descartados nas ruas e terrenos baldios.

Conforme explicou a pedagoga do Centro de Educação Ambiental, Fernanda Marin Campachi, foi observada uma grande quantidade de lixo no bairro, distribuído em diversos pontos de descarte irregular do lixo doméstico. “Essa situação pode causar problemas não só ao meio ambiente como também gerar uma questão de saúde pública”, contou ela.

“Este trabalho foi iniciado no ano passado, através do Projeto Lixo é Lixo, Esgoto é Esgoto. Visitando bairros que foram identificados pontos críticos de descarte incorreto de resíduos, a equipe do Centro de Educação Ambiental está batendo de porta em porta para um diálogo com a população”, explicou Fernanda.

“Estamos tentando mobilizar os moradores para minimizar os impactos gerados por todo esse material espalhado como mau cheiro, atração de insetos e roedores, além da poluição visual”, completou a pedagoga.

Foram distribuídos panfletos informativos sobre os impactos negativos do lixo descartado irregularmente, horários de coletas e endereços dos ecopontos. O objetivo é conscientizar para a importância do papel da sociedade para melhor qualidade de vida. “Isso vem com mudanças de hábitos e atitudes para maior harmonia e respeito com a natureza”, frisou Fernanda.

Durante o mês de maio, conforme cronograma, também estarão sendo visitados os bairros Silvia Covas (hoje, dia 10), Gimenes (dia 25) e Benone Soares de Queiroz (dia 28).

Para o presidente do Daep, o engenheiro Edson Bilche Girotto (“Batata”), trata-se de uma ação exemplar desenvolvida pela equipe do Centro de Educação Ambiental, e que destaca que o departamento está tomando as providências necessárias para a construção de uma sociedade mais consciente.

Batata informou ainda que o Daep está efetuando a preparação de um novo Ecoponto para aquela região, que em breve atenderá os bairros Sílvia Covas, Gualter Monteiro e Osvaldo Vizoni.

DA REDAÇÃO – Penápolis

você pode gostar também