Birigui fez mapeamento aéreo para atualizar construções

A Prefeitura de Birigui realizou um mapeamento com fotos aéreas de alta precisão que possibilitará atualizar as plantas e o cadastro de imóveis da cidade.

O mapeamento feito por um avião, que fotografou todas as construções imobiliárias no município. Após análise dos dados coletados, a administração municipal verificou que muitos imóveis estão com metragem divergente da apontada no cadastro imobiliário.

A inserção desse novo mapa vai oferecer maior precisão nas delimitações para a construção civil e identificar imóveis que estão fora da cobrança de IPTU, o Imposto Predial e Territorial Urbano.

A administração municipal fez questão de frisar que não se trata de um aumento de imposto, mas sim de uma revisão cadastral, visando promover uma justiça fiscal. Exemplo: um morador que tem uma área construída de 200m2 não pode pagar o mesmo valor de IPTU do cidadão que tem uma área construída de 80m2.

A execução deste projeto possibilitará à Prefeitura detectar a área total do terreno e a área construída, abrindo um diálogo saudável entre a administração e o munícipe que ampliou seu imóvel ou fez construção em seu terreno e ainda não comunicou a Prefeitura de Birigui.

COMUNICADO
O munícipe que alterou a área de sua construção e não comunicou a Prefeitura receberá um comunicado. Quem receber o comunicado terá o prazo de cinco dias para comparecer na Central de Atendimento montada no prédio do Terminal Urbano (Rodoviária Municipal, no Jardim Morumbi – antiga Farmácia Popular).

Visando não atrapalhar o cotidiano dos moradores que receberam o comunicado, a administração municipal implantou um agendamento pela internet (www.mitracidadesinteligentes.com.br/birigui/consultanotificacao).

Da Redação

você pode gostar também