Campanha pretende conscientizar sobre furto de tampas de bueiro

Um mês após o acidente que resultou na morte de dois servidores municipais, Birigui terá campanha contra o furto de tampa de bueiros. Desencadeada pelo engenheiro e professor Rodrigo Simon, o objetivo é conscientizar a população sobre os riscos de acidentes causados pela retirada dessas tampas. Na última quarta-feira, ele apresentou sua ideia ao presidente da Câmara Municipal, Vadão da Farmácia (PTB).

O pai do engenheiro, Manoel Augusto de Araújo, o Pernambuquinho, foi uma das vítimas de acidente de trânsito com veículo da Prefeitura, em 5 de abril, que capotou ao passar sobre um bueiro que não estava tampado. Na ocasião, morreu também Nilson José Santana, o Nilsão.

Conforme material divulgado pelo legislativo biriguiense, o empresário disse que as tampas, produzidas em ferro fundido, são furtadas e vendidas para ferro velhos ou derretidas para a fabricação de outros produtos. Isso, além de causar prejuízos aos cofres públicos, principalmente à noite ou em dias de chuva, por causa de acidentes.

“Entendo que a solução desse problema envolve esforço e responsabilidade compartilhada de toda a sociedade. O cidadão pode fiscalizar e informar as autoridades. Já à polícia e à Justiça, respectivamente, cabem a prisão e condenação dos autores, assim como dos receptadores das tampas”, disse Simon.

APOIO

Vadão se colocou à disposição para a divulgação da campanha, que deve ser difundida pela internet, aproveitando o alcance das redes sociais. Conforme a Câmara, os detalhes da campanha estão sendo discutidos também com a Prefeitura, a fim de que todos os procedimentos de fiscalização popular e denúncia sejam padronizados.

 O acidente que matou os dois funcionários ocorreu na avenida Geraldo Liessi, bairro Distrito Industrial 2. As vítimas estavam em um caminhão quando passaram por uma boca de lobo. A tampa estava sem a trava e foi lançada a metros de distância. Com o impacto, o veículo perdeu uma das rodas e capotou.

Um laudo da perícia, a ser divulgado nos próximos dias, deve apontar as causas do capotamento. Na ocasião, a comoção foi grande na cidade. A Prefeitura chegou a decretar luto de três dias.

DA REDAÇÃO – Birigui

você pode gostar também