Feriado prolongado termina sem mortes nas rodovias e aumento de multas

O feriado prolongado do Dia do Trabalhador terminou sem mortes nas rodovias da região de Araçatuba, porém com aumento no número de vítimas de acidentes de trânsito e no número de autuações aplicadas entre os dias 27 de abril e primeiro de maio.

Os dados foram divulgados pela Polícia Rodoviária na tarde de quarta-feira (02). Os números de acidentes registrados nas rodovias da região de Araçatuba tiveram queda de 26,67% em comparação com o mesmo período do ano passado. Enquanto em 2017, 15 acidentes foram contabilizados, neste ano o número caiu para 11.

Apesar disso, a quantidade de vítimas aumentou 43% em relação ao mesmo período. No ano passado foram sete pessoas acidentadas, sendo quatro com ferimentos leves, duas graves e uma não resistiu aos ferimentos e morreu. Já em 2018, foram dez vítimas. Deste total, cinco ficaram levemente feridas e outras cinco sofreram ferimentos mais graves. Nenhuma delas morreu.

ACIDENTE NA ASSIS

Um dos acidentes mais graves registrados durante o feriado prolongado ocorreu na manhã de segunda-feira (30), na rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Barbosa. Cinco pessoas da mesma família ficaram gravemente feridas em uma batida envolvendo uma caminhonete e um caminhão.

O acidente teria acontecido após a caminhonete Toyota Hilux que as vítimas  estavam cruzar a rodovia e ser atingida por um caminhão. A motorista, de 32 anos, a mãe dela, de 50, a filha de 13 e duas sobrinhas de quatro e seis anos de idade sofreram diversos ferimentos e tiveram que ser transferidas para a Santa Casa de Araçatuba.

Segundo nota da assessoria de imprensa da unidade hospitalar, as três menores seguem internadas na UTI Neonatal em quadro clinico estável. A vítima de 50 anos está internada na Unidade de Terapia Semi-Intensiva para avaliações da equipe de neurocirurgia e o quadro clínico também é estável. Já a filha dela também está estável.

AUTUAÇÕES

Os dados estatísticos das autuações aumentaram mais de 55% na “Operação Dia do Trabalho 2018”. O destaque ficou com os flagrantes de pessoas dirigindo veículos embriagadas. Enquanto em 2017, 21 motoristas foram flagrados nessa situação, neste ano 40 condutores acabaram autuados pelo crime, um aumento de 90,48%.

Ainda durante a realização dos trabalhos da Polícia Rodoviária, nenhuma pessoa foi presa em flagrante por determinado crime, assim como armas e entorpecentes não foram localizados na intensificação das fiscalizações.

você pode gostar também