Veículos em mau estado lideram as multas em 2017

Manter uma viagem tranquila, em segurança e sem causar nenhum acidente é o pensamento de muitos motoristas que decidem pegar a estrada. Apesar disso, muita gente acaba infringindo a lei e não escapa da multa, além de colocar em risco a vida de outras pessoas que usam as vias. A Polícia Rodoviária Estadual divulgou o ranking das principais infrações no trânsito cometidas nas rodovias de Araçatuba em 2017. Na estatística não estão incluídas as multas por excesso de velocidade feitas por radar.

Trafegar com o veículo em mau estado de conservação foi responsável pelo maior número de aplicações de multas em 2017 na cidade, com 4.431 infrações registradas.

Em segundo lugar no ranking está o não uso do cinto de segurança pelos passageiros, representando quase três mil infrações. Já 2.244 condutores foram flagrados sem usar o dispositivo de segurança. Em terceiro lugar aparece a ultrapassagem proibida, com 2.523 multas aplicadas.

Em quarto lugar, 2.361 pessoas foram multadas por dirigirem seus veículos com falta de licenciamento. O número é seguido pelas infrações aplicadas por embriaguez ao volante, representadas por 1.098 multas. Já em último lugar consta a não portabilidade de documentos obrigatórios, com 652 infrações.

DADO REGIONAL
Além disso, a Polícia Rodoviária divulgou o balanço do número total de infrações aplicadas na região de Araçatuba nos últimos três anos. Houve queda de 24% nas aplicações entre 2016 e 2017. No primeiro ano, as equipes policiais flagraram 38.098 condutores cometendo algum tipo de irregularidade no trânsito nas vias. Já no ano seguinte foram 28.834 infrações, uma redução de mais de nove mil multas aplicadas.

O último dado divulgado em 2018, até o mês de março, 9.548 condutores foram flagrados com irregularidades. A expectativa é a de que possa haver uma nova alta, caso os dados continuem nesse ritmo. Outra estimativa é a de que a volta da “Operação Fecha Quartel” também possa colaborar para o aumento significativo, já que não era realizada há alguns anos.

No mês passado, a polícia fez os primeiros trabalhos do ano, onde o efetivo administrativo também colabora na fiscalização, aumentando, assim, 15% o número de PMs nas rodovias. De acordo com o tenente Gercimar Dias dos Santos, é sempre importante redobrar a atenção assim que for pegar as estradas.

Sempre fazer a revisão no veículo antes de trafegar nas rodovias, usar o cinto de segurança, acender o farol e nunca, em hipótese alguma, fazer o uso de bebidas alcoólicas. Tomando essas medidas e se prevenindo, com toda a certeza, o motorista terá uma viagem mais segura e tranquila”, complementa Santos.

Vitor Moretti

você pode gostar também