MP recebe denúncia de vazamento de esgoto a céu aberto em estrada

O Ministério Público recebeu, ontem de manhã, denúncia de vazamento de esgoto na Via Agnaldo Fernando dos Santos, que dá acesso a um condomínio e liga a rotatória da região conhecida como Pé de Galinha à da rua Aviação, em Araçatuba. Imagens obtidas pela reportagem mostram que, no local, grande volume de esgoto corre a céu aberto por todos os lados, confirmando o que consta na representação ao MP, feita por João Luís Soares Martine, morador do residencial. Em uma das laterais, encontra-se um emissário de esgoto da Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba), sendo que, numa das caixas de inspeção, ocorre o vazamento.

a3 esgoto1.jpg
INCÔMODO – Grande volume de esgoto se alastra, diariamente, por laterais de via de acesso

De acordo com ele, a situação se arrasta há pelo menos um mês e tem feito com que a sujeira atinja os bueiros da rede pluvial, desaguando em algum curso d’água natural e causando danos à flora e à fauna. Em seu texto, o denunciante ainda cita o mau cheiro e os riscos à saúde da população gerados pelo problema.

Martine diz que o momento de maior incômodo ocorre perto do meio-dia. “Importante destacar que o vazamento, coincidentemente, sempre ocorre por volta das 11h, fato que agrava a situação danosa, posto que nas proximidades existem várias residências, cujos moradores retornam aos lares no horário do almoço”, destaca.

Para agravar a situação, ele ressalta que, em frente ao condomínio onde mora, há outra caixa de inspeção da rede de esgoto, ao lado de um ponto de ônibus, também exalando forte odor. “Destaca-se que a entrada do condomínio é utilizada por várias pessoas, dentre elas crianças e idosos, que fazem uso do transporte coletivo e ônibus escolares”, denuncia Martine.

CONCESSIONÁRIA

No documento levado à Promotoria de Justiça, o morador cita que já comunicou o problema à Samar, mas, afirma ele, a concessionária responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade ainda não efetuou medida destinada à solução do problema.

Procurada por O LIBERAL REGIONAL, a Samar informou que, em sobre o vazamento de esgoto denunciado, está fazendo ajustes para acabar com a situação incômoda. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, o emissário que passa pelo local faz parte das obras de reversão de esgoto e está ligado à Estação Elevatória Santa Izabel, inaugurada em março deste ano, que bombeia os efluentes para a Estação de Tratamento de Esgoto Baguaçu.

Por fim, a concessionária informou que uma equipe iria instalar, ainda na tarde de ontem, dispositivos no local a fim de resolver os problemas de vazamento, “que são esporádicos e deverão ser solucionados com os ajustes que estão sendo feitos na operação de reversão”.

Já no Ministério Público, a denúncia ainda vai ser distribuída a um promotor, que decidirá quais diligências serão tomadas no primeiro momento.

Arnon Gomes – Araçatuba

você pode gostar também