Assassino de adolescentes é condenado a 85 anos de cadeia

ANTÔNIO CRISPIM – PEREIRA BARRETO

O borracheiro Edson Francisco de Souza, 45 anos, foi condenado a 85 anos de reclusão pelo assassinado das adolescentes Jenifer Nayara da Silva, 13, e Yara Barbosa, 14. O crime foi no dia 12 de abril de 2014. Segundo o advogado Gilvaine Ortuzal, que atuou como assistente de acusação, Souza foi condenado por duplo homicídio e estupro de vulnerável (Jenifer tinha 13 anos), além de qualificadoras, como asfixia, motivo torpe, dificultar a defesa de vítima e ocultação de crime anterior. Atuaram na acusação o promotor Rafael Viana, e os advogados Gilvaine Ortuzal, Ana Paula Schoriza e Sergio Ortuzal. O juiz presidente do Tribunal do Juri foi Jamil Nakad Júnior.
Ao ser ouvido no juri, Edson Francisco negou as acusações e disse que foi pressionado pela polícia para confessar. Porém, vídeo de seu depoimento na fase de inquérito o mostrou sem algemas e dando detalhes de como havia cometido o crime. O promotor chamou a atenção para este detalhe. A advogada Ana Paula Schoriza citou a violência contra a mulher. Ao final, mesmo com a defesa insistindo na negativa de autoria do crime, Edson Francisco foi condenado a 85 anos de prisão.
Segundo o advogado Gilvaine Ortuzal, o resultado agradou a acusação, assim como familiares das vítimas, que acompanharam o julgamento. “Entenderam, que foi feita justiça”, disse o advogado andradinense.
O CRIME
Conforme foi apurado pela polícia, Edson Francisco, que é borracheiro e é forte fisicamente, pegou as meninas na Avenida Guanabara e manteve relações sexuais. Depois, temendo ser denunciado, ele as levou até a ponte sobre o Rio Tietê. Uma das meninas ele amarrou os braços com a própria calcinha e a outra, ele usou sua meia para amarrá-la. As duas foram jogadas vivas no rio.

INVESTIGAÇÃO
O crime ocorreu no dia 12. O primeiro corpo foi encontrado na terça-feira (15) e o segundo, na quarta-feira (16). A partir do encontro dos cadáveres, a polícia intensificou as investigações. Edson Francisco foi preso no dia 27 de abril em Cianorte, no Paraná.
Edson-Francisco-de-Souza

você pode gostar também