Dise encontra maconha e ecstasy na casa de jovens

Dois primos, de 24 e 25 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas no fim da tarde de segunda-feira (23), em Araçatuba. Com eles, a polícia localizou maconha e comprimidos de ecstasy.

Policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Gerais) receberam informações de que os suspeitos estariam comercializando entorpecentes dentro da casa onde moram, localizada na rua Vicente Celestino, no bairro Jardim São José. Com todas as denúncias no mesmo local, os investigadores decidiram solicitar à Justiça mandado de busca e apreensão para o endereço.

A Justiça concedeu o mandado e antes dele ser cumprido, os policiais ficaram observando a movimentação em frente a residência. As equipes perceberam que os rapazes atendiam muitas pessoas, entregavam algum objeto a elas e recebiam algo em troca. O fato despertou ainda mais a atenção da Dise, que decidiu fazer o cumprimento da decisão judicial.

Os policiais foram recebidos pelas tias dos indiciados. Ela autorizou a entrada e acompanhou as buscas. Na revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado com os jovens. Porém, um deles confessou que traficava no imóvel e indicou o local onde escondia as drogas, dentro de um guarda-roupa.

A polícia localizou lá dentro uma sacola plástica contendo 25 comprimidos de ecstasy, dois pedações de maconha, além de R$ 396 em dinheiro e uma balança de precisão. A dupla alegou que os entorpecentes eram para consumo próprio, em um primeiro momento, mas depois acabaram entrando em contradição.

Eles receberam voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e foram encaminhados até a Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento. O delegado plantonista manteve a prisão e os deixou à disposição da Justiça. Os acusados passaram por audiência de custódia na manhã de ontem no Fórum da cidade e depois foram transferidos para a cadeia pública de Penápolis, onde aguardarão vaga em alguma penitenciária da região.

você pode gostar também