Prefeitura concede uso de área para grêmio recreativo esportivo

No fim de tarde de quinta-feira (19), o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, a vice-prefeita Edna Flor e representantes do Grêmio Recreativo Esportivo Sambagole assinaram juntos a lei que autoriza concessão de uso de áreas de terra na avenida João Arruda Brasil.

A Lei nº 8.054, de 19 de abril de 2018, trata da autorização de uso, pelo período de 20 anos, de duas áreas compreendidas entre a avenida João Arruda Brasil e as ruas Antônio de Freitas Menezes e Junqueira Freire. A área total é de 13.466,63 m².

As áreas referidas contêm campo de futebol, arquibancada metálica e vestiário e foram avaliadas em R$ 1.781.897,93 (um milhão, setecentos e oitenta e um mil, oitocentos e noventa e sete reais e noventa e três centavos) pela Comissão Permanente de Avaliação, em laudo nº004/2018 – Ref. CO-767.

Segundo a lei, o GRE Sambagole deverá usar os locais e estruturas exclusivamente para implantação de unidade de formação esportiva, para crianças e adolescentes, e desenvolvimento de atividades institucionais, sendo vedada qualquer outra destinação.

Em outubro do ano passado, representantes do Sambagole visitaram a prefeitura e anunciaram a idealização de projetos sociais a serem desenvolvidos no campo do Comercial Futebol Clube, com crianças e adolescentes do município.

De acordo com o secretário de Planejamento Urbano e Habitação e Mobilidade Urbana, Tadeu Consoni, a participação da Prefeitura se dará através de parceria na realização de projetos arquitetônicos, para que o grêmio construa consultório odontológico, sala de aula e pista de atletismo no local.

“Uma das principais funções da política é incentivar ações que valorizem a promoção das pessoas”,  declara o vereador Jaime José da Silva (Dr. Jaime). Representando o Grêmio Sambagole, Reginaldo Camilo dos Santos (Naldão), afirma que as ações a serem desenvolvidas pelo grupo têm como principal objetivo evitar que crianças e adolescentes recorram às ruas como forma de entretenimento e lazer.

O prefeito Dilador Borges declara apoio da administração aos projetos sociais. “Recebemos as pessoas com suas ideias para agregar ao trabalho realizado pelo poder executivo. Valorizamos e apoiamos os projetos que atendem pessoas, principalmente  crianças e adolescentes, que integram a parcela mais nobre da sociedade. Da nossa parte vem a união da Cultura, Educação e Esporte (Lazer e Recreação), como agentes de mudança, principalmente como ocupação responsável às crianças em horário de contraturno escolar”, acrescenta.

você pode gostar também