Região de Araçatuba ultrapassa marca de 3 mil empregos em março

Depois de dois meses de equilíbrio na geração de empregos, a região de Araçatuba voltou a apresentar números positivos em março. Nos 43 municípios que integram a Região Administrativa de Araçatuba, subdivida nas microrregiões de Araçatuba, Andradina, e Auriflama, Birigui foram criados 3.100 novos postos de trabalho – diferença entre admissões e demissões. No total foram 9.032 admissões, 5.932 desligamentos e saldo de 3,1 mil postos de trabalho com carteira assinada. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que foram divulgados ontem.

A microrregião de Araçatuba, com sete municípios, ficou em segundo lugar nas contratações, com 3.379 admissões (2.282 desligamentos). A microrregião de Birigui, com 18 municípios, registrou 3.392 contratações e 2.466 demissões (saldo de 929 empregos). Já a microrregião de Andradina, com 11 municípios, teve 2.087 admissões e 1.077 desligamentos e saldo de 1.010 empregos. A microrregião de Auriflama (nove municípios, mas apenas sete pertencem à região de Araçatuba) teve 174 contratações e 107 demissões, com saldo de empregos.

A indústria de transformação, com mais de 57%, dos empregos gerados, contribuiu significativamente para o aumento da oferta de postos de trabalho, pois outros setores que são grandes empregadores, como o comércio e construção civil, não tiveram resultados tão positivos.

Para mostrar a importância do mês de março na geração de empregos, na soma dos meses de janeiro e fevereiro foram gerados 2.056 postos de trabalho na região de Araçatuba (soma das quatro microrregiões). Já no mês de março foram 3.100 empregos. Isso representa um aumento da ordem de 50,77%. Ou seja, o mês de março teve aumento superior a 50% sobre os dois primeiros meses do ano na região.

NO BRASIL

 O emprego formal no Brasil cresceu em março. O acréscimo foi de 56.151 postos de trabalho, com aumento de 0,15% em relação ao saldo de fevereiro. Esse foi o terceiro mês seguido de saldo positivo, mas em ritmo menor na comparação com janeiro (77.822) e fevereiro (61.188).

sse resultado de março decorreu de 1,340 milhão de admissões e de 1,284 milhão de desligamentos. Os dados também mostram que o resultado de março foi o melhor para o mês desde 2013, quando foi registrado saldo positivo de 112.450 postos.

No acumulado do ano, houve crescimento de 204.064 empregos, representando expansão de 0,54%, nos dados com ajustes.

Nos últimos 12 meses, o acréscimo chegou a 223.367 postos de trabalho, correspondente ao 0,59% de crescimento.

ANTÔNIO CRISPIM  – Araçatuba

você pode gostar também