Unisalesiano oferece treinamento destinado a primeiros-socorros

A morte do aluno Lucas Begalli Zamora de Souza, de 10 anos, vítima de engasgamento depois de comer um cachorro quente em setembro de 2017, levou seus familiares, de Campinas, a criarem uma lei que exije a realização de cursos de primeiros socorros aos funcionários das escolas de todo o país.

A iniciativa ainda se encontra como projeto de lei, mas despertou o interesse do UniSALESIANO em promover o treinamento para docentes do Colégio Salesiano “Dom Lasagna”. A intenção é expandir esse treinamento para professores das escolas municipais e estaduais de Araçatuba.

“Entendemos ser necessário porque as crianças passam a maior parte do dia com os funcionários das escolas”, disse uma das idealizadoras do projeto, a coordenadora do curso de Enfermagem, Profª. Cláudia Cyrillo, que teve o apoio da Reitoria do UniSALESIANO.

OVACE

De acordo com a enfermeira e professora do curso, Andreza Bernardi, o treinamento da Ovace (Obstrução de Vias Aéreas por Corpo Estranho) foi realizado por ela e pela professora Giselle Sailer nos dias 18 e 19 de abril.

Participaram 18 docentes do Ensino Infantil e Fundamental do colégio, dos dois períodos de aula (manhã e tarde). “Se o projeto for estendido, haverá a participação de outros profissionais do curso de Enfermagem”, lembrou Andreza.

DA REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também