Polícia faz operação contra gangues e prende suspeitos de matar frentista

A Polícia Civil de Andradina, cidade a 110 quilômetros de Araçatuba, realizaram uma operação na manhã de sábado (14) na cidade contra gangues que atuam no município. Cinco mandados de prisão e cinco de buscas e apreensão foram expedidos pela Jusitça.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, dois dos suspeitos presos durante a operação seriam os autores do assassinato do frentista Roberto Taveira, de 46 anos, morto por engano na semana passada em um bar, localizado no bairro Pereira Jordão.

A vítima foi assassinada com dois tiros no peito e na barriga na noite de segunda (09). Taveira trabalhava há muitos anos em um posto de combustíveis da cidade e era bastante conhecido no município. Ela saiu do trabalho por volta das 22h e foi até ao bar, na rua Francisco Ruiz, no bairro Pereira Jordão, para comprar um refrigerante, já que levaria para a residência onde morava.

Dentro do estabelecimento comercial também estava o jovem, identificado pelas iniciais J.F.G.S., que seria o verdadeiro alvo dos criminosos. Ele estava em pé, bem atrás de Taveira, quando dois indivíduos chegaram em uma motocicleta e começaram a atirar em direção ao rapaz. Ele foi atingido de raspão nas costas e em um dos dedos e sobreviveu, após passar por atendimento médico no Pronto-Socorro Municipal.

Acontece que dois tiros atingiram Taveira, que não tinha nenhuma participação com a história. Ele não resistiu e morreu antes mesmo da chegada de equipes do Resgate Até agora, os autores não foram presos pela Polícia Civil.

CRIME NA MADRUGADA

Um jovem de 20 anos foi vítima de tentativa de homicídio na madrugada de sábado (14). Os autores fugiram logo em seguida e até o fechamento desta edição não tinham sido localizados.

De acordo com informações apuradas pelo jornal O LIBERAL REGIONAL, a vítima já é conhecida nos meios policiais. Ela estava chegando à residência onde mora, localizada na rua Espírito Santo, área central do município, por volta das três horas da manhã, quando foi surpreendida pela chegada de uma motocicleta desconhecida ocupada por dois ocupantes.

O passageiro da moto sacou um revólver logo na sequência e disparou seis vezes contra o rapaz. Ele conseguiu correr e se esconder, mas mesmo assim foi atingido por um tiro no braço esquerdo. Os autores fugiram logo em seguida em alta velocidade por rumo desconhecido. Uma viatura do Resgate, do Corpo de Bombeiros, socorreu o jovem e o encaminhou até ao Pronto-Socorro Municipal.

As equipes médicas fizeram vários exames e constataram que a bala havia transfixado o braço, por esse motivo não houve a necessidade de cirurgia para a retirada do projétil. Depois de ser medicado, o rapaz recebeu alta. A Perícia foi até ao local onde a tentativa de assassinato aconteceu e um laudo deve ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações. Existe a suspeita de acerto de contas. A Polícia Civil de Andradina vai abrir inquérito para dar andamento às investigações.

você pode gostar também