Confronto entre bandidos e PMs termina com três mortos na região

O fim da noite de domingo (08) e começo da madrugada de segunda-feira (09) foram marcados por violência e mortes nas regiões Oeste e Noroeste Paulista. Uma tentativa de furto em uma usina de açúcar e álcool de Flórida Paulista, município a 114 quilômetros de Araçatuba, terminou com três bandidos mortos, um ferido e um policial militar aposentado baleado.

A ação teve início por volta das 21h45 em Flórida Paulista. Aproximadamente cinco bandidos armados com revólveres estavam em um veículo Fiat/Pálio, de cor prata. Eles adentraram em um pátio da usina que dava acesso a um barracão. Em um primeiro momento, segundo informações da polícia, os criminosos queriam furtar fios de cobre do local, já que encontraram com eles alicates específicos para esse tipo de corte.

Mas o bando não esperava que seria surpreendido por vigilantes da empresa, sendo dois policiais militares aposentados. Os funcionários perceberam a movimentação estranha no prédio durante a realização da ronda e assim que os suspeitos perceberam a aproximação dos mesmos, começaram a atirar. Os policiais revidaram e houve uma intensa troca de tiros no local. Dois rapazes, identificados como Anderson William da Silva e Fábio de Melo Silva, ambos com 21 anos e moradores no bairro São José,em Araçatuba, morreram no local. O restante do grupo conseguiu fugir.

Ainda durante o tiroteio, um tenente aposentado da Polícia Militar foi baleado em um dos braços. Equipes do Resgate, do Corpo de Bombeiros, e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas e constataram a morte dos dois criminosos. Já o policial ferido teve que ser levado às pressas para a Santa Casa de Adamantina. De acordo com informações da assessoria de imprensa da unidade hospitalar, a vítima teve que passar por cirurgia, para a retirada do projétil e segue em recuperação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ela não corre risco de morte.

A Perícia foi acionada para o local da tentativa de furto e encontrou um revólver de calibre 357 ao lado deles, que é de uso restrito. Os corpos foram removidos e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Adamantina, onde passaram por exame necroscópico. Um laudo deve ficar pronto em até 30 dias para ajudar a Polícia Civil nas investigações do caso.

FUGA POR ARAÇATUBA

A fuga dos outros três bandidos estava apenas começando. Por volta de 1h30 da manhã, aproximadamente três horas depois da ação em Flórida Paulista, uma equipe da Força Tática de Araçatuba avistou um veículo GM/Astra em atitude suspeita pelo bairro Residencial Águas Claras. De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe tentou realizar a abordagem, mas os ocupantes fugiram em alta velocidade no sentido do bairro rural Engenheiro Taveira.

 

Ao passarem pelo bairro, um dos ocupantes desceu e o automóvel continuou prosseguindo em fuga, mas logo depois, o motorista acabou perdendo o controle da direção e batendo em seguida. Nesse momento, os criminosos teriam descido atirando contra os policiais militares, que revidaram. Os suspeitos fugiram a pé para uma mata próxima, mas minutos depois um deles foi alcançado, pois estava caído e baleado. Com ele, a PM localizou um revólver com três cápsulas deflagradas.  O homem identificado como Jhonatan de Oliveira Baloni, de 19 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

 

OUTRO FERIDO

 

Algumas horas depois da ocorrência, a Polícia Militar recebeu informações de que um quarto suspeito teria dado entrada na Santa Casa de Araçatuba com ferimentos por arma de fogo. Ele acabou confessando que estava em um Fiat/Pálio por Flórida Paulista para a prática de crime, mas foi atingido por seguranças do local. De acordo com informações da unidade hospitalar, o paciente, identificado pelas iniciais G.A.C., 23 anos, foi ferido por tiro na região abdominal e o estado de saúde é estável. A equipe médica não achou necessária uma cirurgia para a retirada do projétil na região da barriga. O rapaz permanece internado sob escola policial.

 

Para a Polícia Militar, existe a grande suspeita de que os casos estejam relacionados. “Acredita-se que esse veículo Astra, que tentou ser abordado pela equipe de Força Tática de Araçatuba, tenha relação com o crime de Flórida Paulista. A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Araçatuba. O Plantão de Polícia Judiciária Militar também registra e acompanha a ocorrência”, informou por meio de nota o Coronel Carlos Alberto Machado.

 

O caso também foi registrado na Central de Flagrantes de Araçatuba. Um inquérito policial foi aberto para dar andamento às investigações. Agora, os investigadores querem saber realmente se há relação entre os dois casos registrados na região, assim como a participação de outros integrantes da quadrilha, já que um conseguiu fugir.

 

você pode gostar também