Valorização da Vida foi tema de palestra para os atiradores do TG

Os atiradores do Tiro de Guerra de Andradina participaram de um ciclo de palestras desenvolvidas pelo CAPS I da Secretaria de Saúde e Higiene Pública do município sobre o tema “Valorização da Vida”.

O evento aconteceu na sede do TG, no bairro Pereira Jordão, e contou com a participação de palestrantes como, a coordenadora da CAPS I, Maria José dos Santos, da psicóloga, Bianca Monção Alves Barros Gomes, e ainda o delegado, Carlos Antonio Mendonça Casati.

A equipe de Saúde com o apoio do CVV (Centro de Valorização da Vida) realizou uma dinâmica com o grupo enfatizando a importância da solidariedade, da atenção ao próximo e a vida saudável da comunidade.

Ao final o chefe de instrução, o subtenente Leonardo Minakawa, ratificou as palavras dos palestrantes. “É muito importante os atiradores perceberem os sintomas que podem acarretar distúrbios depressivos. Bem como a necessidade de voluntários que apóiem os serviços públicos e entidades como o CVV que realizam além de um apoio emocional, mas também todo o suporte para a prevenção”, disse o subtenente ao entregar certificados de agradecimentos pelo apoio prestado aos palestrantes.

CVV – Fundado em São Paulo em 1962, o Centro de Valorização da Vida é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973. Realiza apoio emocional e prevenção a depressão, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone (141), email, chat e voip 24 horas todos os dias em todo o Brasil.

Da Redação

você pode gostar também