Assinado convênio para pavimentação da vicinal de Paranápolis

Na manhã desta segunda-feira (2), o governador Geraldo Alckmin anunciou investimentos de R$ 506,3 milhões para obras de recuperação de rodovias estaduais e estradas vicinais. Mais de 7,8 milhões de habitantes serão diretamente beneficiados em 99 municípios. O secretário de Logística e Transportes, Laurence Casagrande Lourenço, participou do evento. Entre as obras anunciadas está a Estrada Vicinal Emitério Castilho Gimenez, que liga a sede do município ao patrimônio de Paranápolis. A prefeita Tamiko Inoue participou do evento de assinatura do convênio. O ex-diretor-executivo da Fundação Itesp, o andradinense Marco Pilla, que também atuou pela liberação da obra, acompanhou o evento em São Paulo. Na região está prevista obra em Santo Antônio do Aracanguá.

A pavimentação da estrada vicinal de Paranápolis é um antigo sonho e pedido dos andradinenses. No total a estrada tem 5,7 quilômetros de extensão e atende dezenas de propriedades rurais e projeto de assentamento. “A pavimentação vai beneficiar especialmente as famílias que vivem da produção de leite, verduras e frutas melhorando o escoamento ao longo da vicinal”, comentou a prefeita Tamiko Inoue. O governo vai liberar R$ 3,1 milhões e terá contrapartida da Prefeitura.

O ex-diretor do Itesp, Marco Pilla, que é funcionário de carreira da fundação e atuou como técnico de campo, sabe da importância de estradas em boas condições para escoamento da produção. Para Pilla, a pavimentação desta estrada vai facilitar a vida de dezenas de famílias e até mesmo estimular o desenvolvimento de uma extensa região produtora. “Trata-se de uma importante conquista para a cidade”, resumiu Marco Pilla.
Para a prefeita Tamiko, a conquista desta obra é fruto do trabalho harmônico entre o Executivo e o Legislativo. Ela citou o pedido feito ainda na gestão de Jamil Ono e destacou o apoio do vereador Joaquim Justino da Silva, o Joaquinzão e de Marco Pilla (ambos do PSDB).

O EVENTO
Ao receber líderes do setor e representantes de prefeituras no Palácio dos Bandeirantes, Alckmin destacou a importância da iniciativa. “Infraestrutura e logística são grandes geradoras de emprego e ativam fortemente a economia. As obras também ajudam os municípios na arrecadação do Imposto sobre Serviços, além de atrair investimentos e melhorar a produtividade. E o mais importante: as modernizações nas estradas salvam vidas”, ressalta o governador.

Além de 33 rodovias paulistas, administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), mais 40 vias sob administração municipal também serão contempladas. Os investimentos na recuperação e modernização serão de R$ 390 milhões. Já as estradas vicinais ficarão com R$ 116,3 milhões, incluindo a contrapartida das prefeituras no total de R$ 16,3 milhões.

CONCORRÊNCIA
Os recursos liberados pelo Tesouro Paulista atingirão, portanto, R$ 490 milhões. Os editais de licitação para contratar as obras nas rodovias estaduais serão publicados a partir a partir desta terça-feira(3). O processo licitatório correrá na modalidade Concorrência Menor Preço. No total, 936,6 quilômetros de rodovias e vicinais serão contemplados pelo pacote.

Além de recuperação do pavimento asfáltico e implantação de nova sinalização, também serão construídas duas novas pontes. Uma estrada, atualmente em terra, será pavimentada. O DER executará ainda serviços de perenização, melhorias no sistema de drenagem e recuperação de erosões.

No caso das vicinais, a parceria entre Governo do Estado e prefeituras possibilitará a realização de 18 obras de pavimentação, 15 serviços de recuperação de vias, uma perenização, construção de três novas pontes e galerias e uma modernização de pista. Também serão contratados projetos para recuperação de outras sete estradas. (Com informações do Governo do Estado)

Da Redação

você pode gostar também