Queimadas urbanas serão fiscalizadas com maior rigor a partir deste ano

Dezenas de denúncias foram apuradas em 2017 e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (Semea) de Três Lagoas, informa que intensificará as fiscalizações de queimadas urbanas no município.

O período de tempo seco está chegando e, junto ao calor intenso que assola a região, qualquer queimada representa um grande perigo ao meio ambiente e à saúde da população.

Em 2017, das 281 denúncias feitas à Semea, 150 casos foram confirmados e os proprietários multados.

De acordo com o Código de Postura do Município – Lei Municipal nº 2.418 de 23/12/2009, Art. 26, inciso VII, realizar queimada urbana é crime que prevê multa de 100 UFIM’ s por lote – aproximadamente R$ 450,00. Ainda conforme o código, a multa dobra o valor em casos de reincidência.

LIXO

A restrição sobre queimada urbana não é apenas sobre o atear fogo em folhas, galhos e afins, queimar lixo de qualquer tipo também é crime e pode ser ainda mais prejudicial dependendo do conteúdo incendiado. Além disso, é um risco para quem trafega pelas ruas e calçadas, pois na maioria dos casos, o fogo é ateado no lixo que fica próximo à sarjeta, facilitando o contato, principalmente, de crianças.

FISCALIZAÇÃO

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente informa que trabalha por meio de denúncias (sigilosas) feitas pela população pelo telefone (67) 3929-1249. ” sempre importante que o cidadão tenha o hábito de denunciar, pois somente assim conseguiremos controlar esse tipo de crime que faz mal, inclusive, para a saúde da própria população”, ressaltou Celso Yamaguti.

Da Redação

você pode gostar também