Detran flagra irregularidade em autoescola de Ilha Solteira

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) flagrou, na tarde de terça-feira (6), irregularidade em aula prática de um Centro de Formação de Condutores (CFC), conhecido como autoescola, na cidade de Ilha Solteira.

Durante fiscalização na autoescola Logos, na zona norte da cidade, os fiscais do Detran.SP notaram que o carro que deveria estar sendo utilizado em aula prática encontrava-se parado no local. A instrutora estava no prédio e o aluno não estava no local.

Foi registrado um boletim de ocorrência por inserção de dados falsos em sistema de informações, crime previsto no artigo 313-A do Código Penal, com pena prevista de 2 a 12 anos de reclusão.

A autoescola terá suas atividades suspensas preventivamente por 30 dias e responderá a processo administrativo instaurado pelo Detran.SP, que pode resultar em descredenciamento. Como garante a Constituição Federal, a empresa terá direito a apresentar defesa antes da conclusão dos processos.

“O processo de habilitação foi implantado para formar um condutor responsável e cidadão. Por isso, todos devem seguir as regras, que são partes fundamentais na construção de um trânsito seguro”, pontua Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.

O Detran realiza periodicamente diligências e fiscalizações em parceiros como CFCs, médicos e psicólogos credenciados e em locais de exames práticos a fim de coibir eventuais fraudes e irregularidades no processo de habilitação.

Suspeitas de irregularidades podem ser denunciadas à Ouvidoria do Detran.SP pelo portal www.detran.sp.gov.br ou diretamente no link a seguir http://bit.ly/1ZfLWnf. É garantido sigilo ao denunciante.

Da Redação

você pode gostar também