Vídeos mostram agressões entre alunos em escolas estaduais de Araçatuba

Duas brigas envolvendo estudantes de duas escolas estaduais de Araçatuba foram parar na polícia na tarde de terça-feira (07), depois que vídeos começaram a circular na internet, pelas redes sociais.

Pelo o que foi apurado pela reportagem, os tumultos teriam acontecido no fim do horário escolar, já na saída da instituição. Um dos casos ocorreu na Escola Estadual Dr. Clóvis de Arruda Campos, popularmente conhecida como “Paraisão”,  localizada na Rua Augusto Keler, no bairro Jardim Amizade. Nas imagens é possível ver um grupo de meninas brigando. Elas agridem-se com socos, chutes e puxões de cabelos.  Os outros alunos assistem tudo como se nada tivesse acontecendo e inclusive incentivam as agressões.

O segundo caso aconteceu na Escola Estadual Vaniolê Dionysio Marques Pavan, que fica na rua Vereador Aldo Campos, no bairro Jardim Planalto. Novamente a pancadaria generalizada ocorreu na área externa da instituição de ensino. No vídeo que circula nas redes sociais é possível visualizar as estudantes batem uma na outra. Em determinado momento, um rapaz atinge um soco no rosto de uma das envolvidas.

POSICIONAMENTO

A reportagem do O Liberal entrou em contato com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo a respeito das agressões. Por meio de nota, o órgão informou que “Os casos relatados pela reportagem aconteceram fora do ambiente escolar. Os responsáveis dos alunos envolvidos foram convocados para reunião com o professor mediador, profissional capacitado para lidar em situações de conflito.

A Diretoria Regional de Ensino de Araçatuba solicitou aumento na ronda escolar no entorno das duas unidades”.

A Polícia Civil também vai investigar a pancadaria por meio de um inquérito policial, que tentará identificar os envolvidos nas agressões.

você pode gostar também