Saúde vai representar o município no Fórum Mundial da Água

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), será representada no Fórum Mundial da Água, em Brasília, no período de 18 a 23 de março.

A bióloga e coordenadora do Setor de Entomologia do Departamento de Vigilância em Saúde e Saneamento, Geórgia Medeiros de Castro Andrade, estará em Brasília, representando a coordenação do Setor de Vigilância em Saúde Ambiental da SMS de Três Lagoas.

Esse setor da Vigilância em Saúde e Saneamento da SMS, coordenado pela também bióloga, Gisleine Tabox Saiar, é responsável pelo Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), instrumento do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua) do Ministério da Saúde.

O município de Três Lagoas foi escolhido para participar do Fórum Mundial da Água, porque atendeu a uma série de critérios de avaliação, relacionadas à análise diária da qualidade da água.

A Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde – SVS/MS selecionou os municípios, entre eles Três Lagoas, com base nos seguintes critérios: possuir informações no Sisagua sobre a forma de abastecimento de água utilizada por pelo menos 90% da população do município; e cumprimento de pelo menos 90% do quantitativo de análises, previsto na diretriz nacional do plano de amostragem do Vigiagua, no ano de 2017, para os parâmetros Coliformes Totais, Residual de Desinfetante e Turbidez.

Isso quer dizer que o município de Três Lagoas foi escolhido para participar do Fórum Mundial da Água pela avaliação de excelência do trabalho que realizou em 2017 no Sisagua.

FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

Criado em 1996 e repetido a cada três anos, pelo Conselho Mundial da Água, com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), o Fórum Mundial da Água foi idealizado para estabelecer uma discussão global sobre os compromissos políticos acerca dos recursos hídricos.

Pela primeira vez no Brasil, o Fórum Mundial da Água é organizado por um Comitê Internacional, constituído por 12 países. O Ministério da Saúde do Governo do Brasil está apenas colaborando na coordenação do tópico “Água e Saúde Pública”, juntamente com outras instituições internacionais.

Desde que foi criado, o Fórum Mundial da Água já foi realizado em: Daegu, na Coreia do Sul (2015); Marselha, na França (2012); Istambul, na Turquia (2009); Cidade do México, no México (2006); Kyoto, no Japão (2003); Haia, na Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997).

Da Redação – Três Lagoas

você pode gostar também