Secretário de Meio Ambiente faz reunião com moradores para discutir sobre ecopontos

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Araçatuba, Petrônio Pereira Lima, se reuniu na tarde de quinta-feira (01) com vereadores e representantes de bairros de Araçatuba onde ecopontos serão implantados na cidade.

A reunião foi realizada na Secretaria de Meio Ambiente e contou com a presença dos vereadores Arlindo Araújo (PPS), Denilson Pichitelli (PSL), Márcio Saito (PSDB) e representantes dos parlamentares Beatriz Nogueira (Rede Sustentabilidade) e Alceu Batista (PV), além de moradores dos bairros em que a Prefeitura de Araçatuba pretende instalar os ecopontos.

Segundo Lima, a reunião foi produtiva, já que a administração ouviu os anseios da população em relação ao assunto. “Os moradores pediram para que os ecopontos sejam instalados em outros locais, além de solicitarem mais áreas de lazer. Eu vou levar todas as colocações ao prefeito Dilador Borges”.

Uma nova reunião com os moradores deve ser marcada na semana que vem. Para o secretário, a instalação do empreendimento é necessária para tentar inibir o hábito de muitas pessoas em descartar lixo em locais inapropriados.

O anúncio gerou polêmica. Moradores dos bairros Taane Andraus, Antônio Pagan e Country Ville chegaram a fazer um abaixo-assinado contra a instalação dos ecopontos em áreas verdes próximos às suas casas.

 

TROCA

Uma troca de terrenos entre a Prefeitura de Araçatuba e o empresário Silton Diniz, proprietário do supermercado Casa Diniz, resultará na construção de oito ecopontos em bairros do entorno da cidade, sem custo aos cofres públicos municipais.

Os ecopontos estão previstos para serem construídos nos bairros Vila Alba, Vila Universo, Ivo Tozzi, Casa Nova, São José, Morada dos Nobres, Vista Verde e Carazza.

 

ECONOMIA

Para o novo terreno, há a intenção de construção de um almoxarifado central, que concentrará os serviços de armazenamento e logística do atual depósito de fraldas, na rua Rio de Janeiro e de outros dois almoxarifados, atualmente utilizados pela prefeitura e pelos quais são pagos R$6.390,23 mensais totais dos dois aluguéis.

 

Vitor Moretti – Araçatuba

você pode gostar também