Entra em operação a primeira etapa da reversão de bacias de esgoto

Nesta sexta-feira (02), às 9h, a Samar vai entregar a primeira etapa de uma das maiores obras de saneamento de Araçatuba: a reversão de bacias de esgoto das Lagoas de Tratamento Maria Isabel, no extremo norte da cidade, orçada em mais de R$ 33 milhões.
Com a reversão, cerca de 15% do esgoto da cidade, que hoje é destinado às lagoas de tratamento da ETE Maria Isabel, serão encaminhados para a ETE Baguaçu, que está em condições de tratar todo o esgoto em eficiência plena.

As lagoas da ETE Maria Isabel serão posteriormente desativadas e recuperadas.
Para atender a nova demanda, a ETE Baguaçu foi ampliada e modernizada com instalação de novos equipamentos e reformas dos tanques de tratamento, além de automação de todos os processos.

Nesta primeira fase da obra foi realizada a construção da nova Estação Elevatória
de Esgoto (EEE) Santa Izabel, localizada na Estrada Municipal ART 080, quilômetro 27. A nova estação começou a ser construída em fevereiro de 2017 e os investimentos somaram R$ 5 milhões. A unidade é responsável pelo bombeamento de esgoto de 44 bairros das zonas norte e oeste de Araçatuba, onde vivem cerca de 60 mil habitantes. Nesta área estão cinco parques industriais de Araçatuba: Maria Isabel de Almeida Prado, Alexandre Biagi, Parque Industrial 1 e parques industriais de grande e pequenos resíduos. Juntamente com a construção da nova elevatória, foram instalados 10 quilômetros de novos emissários ligando a elevatória à ETE Baguaçu.

As obras da reversão da bacia de esgoto incluem ainda a construção da nova elevatória de esgoto EEE Maria Isabel, cujas obras já estão em andamento numa área próxima às lagoas de tratamento. A obra também contempla todo o sistema de esgoto do bairro Engenheiro Taveira, hoje isolado, que será integrado às redes de Araçatuba e tratado na ETE Baguaçu.

Para receber e tratar 100% de todo o esgoto produzido na cidade, estão sendo realizadas obras de melhorias, ampliação e modernização da ETE Baguaçu. Todo o sistema de tratamento de esgoto está sendo automatizado. Também os tanques de aeração foram reformados, com desassoreamento e recuperação dos taludes.

Da Redação

você pode gostar também