Cupins danificam parte da cobertura da Santa Casa

Uma infestação de cupins em parte da cobertura da Santa Casa de Misericórdia de Guararapes começou a ser combatida nessa semana, por uma empresa especializada da cidade. Os insetos causaram danos no madeiramento que sustenta o telhado, em batentes, portas, janelas, condutores de fiação elétrica e rodapés, conforme atestou a dedetizadora contratada.

Os focos da infestação já tinham sido constatados anteriormente pela bióloga Aline Gasparini, da Prefeitura de Guararapes, em quatro árvores, no estacionamento da Santa Casa, próximas do prédio. Devido ao elevado grau de destruição nas plantas, ela recomendou a extração para que fosse evitado um dano maior à estrutura predial do hospital.

O provedor da Santa Casa de Guararapes, Marcos Sabane, o Kashin, informou que o problema está sendo solucionado. Depois da descupinização, que começou a ser feita nessa semana no prédio e nas árvores, o madeiramento danificado será recuperado e tratado. As quatro árvores, que já estão condenadas, terão que ser erradicadas.

Por medida de segurança, Marcos Sabane irá autorizar também a retirada dos coqueiros existentes no estacionamento. “São plantas muito antigas, com troncos bastante comprometidos pela ação do tempo, e com frutos que podem provocar sérios acidentes se desprenderem do alto”, avalia o provedor do hospital.

A retirada das árvores depende da disponibilidade da Prefeitura de Guararapes. Mas Sabane acredita que dentro de no máximo 15 dias as plantas já deverão estar erradicadas.

Da Redação

você pode gostar também