Próximo de conclusão, calçamento da Lagoa Maior garante ocupação à reeducandos

A Lagoa Maior de Três Lagoas, cartão postal da Cidade, está sendo revitalizada desde novembro do ano passado. O principal serviço no local consiste na construção de uma calçada no extremo externo da orla.

Por contar com mão-de-obra de reeducandos do presídio semiaberto de Três Lagoas e servidores do Município, as obras contam com custo extremamente baixo. “É uma forma de darmos ocupação a esses homens que estão sendo preparados para retornarem à sociedade e beneficiarmos o nosso Município”, explicou Dirceu Deguti, secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra).

A construção da calçada que parte das mediações da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejuvel) até a pista de skate, conta com paver (blocos de concreto), fruto de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) do Ministério Público Estadual (MPE), ou seja, sem onerações ao cofre público.

Além da calçada, guias danificadas por quedas de árvores e alagamentos estão sendo reconstruídas. Faixas de pedestres também estão sendo aplicadas na Avenida Aldair Rosa Oliveira, bem como rampas de acesso ao novo passeio.

A reconstrução da calçada que estava praticamente destruída garantirá qualidade e segurança no tráfego de pedestres. Para Carlos Xavier e a esposa Rosa Xavier, a revitalização da Lagoa serve como “um incentivo para os moradores da cidade frequentarem o lugar que possui, por si só, um beleza incrível”.

De acordo com a Seintra, a obra está 70% concluída e o ritmo do trabalho é acelerado, devendo ser concluído nos próximos meses.

Da Redação

você pode gostar também