Desde criança, um apaixonado pelo calçadão de Araçatuba

Nascido no Córrego Generoso, área rural a oito quilômetros de Santo Antônio do Aracanguá, em 1979, César Braga visitava Araçatuba com o pai e o irmão, trazendo as safra de algodão para vender na cidade.

“Nós vínhamos com um caminhão que meu pai alugava para trazer a safra para a Cobrac e passávamos a pé entre a Cobrac e o Banco do Brasil. Sempre me encantava com o calçadão e principalmente a loja da Óticas Iguatemi, que ficava próxima ao banco”, contou César.

Aos 16 anos, mudou-se com a família para Araçatuba, onde deu início à sua trajetória profissional. “Minha mãe sempre quis que mudássemos para uma cidade maior e comprou dois terrenos em Araçatuba. Em meados de 1993 nos mudamos para cá e ela me inscreveu na Fundação Mirim para que eu pudesse trabalhar”, lembrou.

Quando foi chamado na Mirim, César foi designado para trabalhar como office boy em uma das lojas da Óticas Iguatemy. “Meu primeiro registro em carteira foi na loja que eu sempre sonhei em trabalhar”.

Nas Óticas Iguatemy, César passou por diversas funções, trabalhando também como auxiliar de laboratório fotográfico, vendedor e gerente. “Quando trabalhava na gerência, comecei a faculdade de Propaganda e Marketing. Também nessa época, a Iguatemy foi vendida para a Fotótica, e eu permaneci na empresa”.

Algum tempo depois, a Fotótica iniciou um processo de franquias de suas lojas e César foi trabalhar em uma das lojas da rede no Rio de Janeiro, em Ipanema. “Trabalhei também na loja de Niterói e depois na Fotótica do Shopping Center Norte, em São Paulo”.
Quando retornou a Araçatuba, Braga trabalho na Ótica Visão, onde permaneceu por dez anos como vendedor e gerente.

O ano de 2006 reservava uma grande mudança para sua carreira. “Estava de férias em São Paulo, na casa da minha amiga Nany People, e recebi a ligação do Evaristo, meu sócio hoje, me propondo que abríssemos uma ótica na rua Duque de Caxias. Eu pensei até o final das minhas férias e recebi muito apoio da Nany, que inclusive veio para inaugurar nossa loja”, conta César sobre o momento em que nasceu a primeira unidade da Ótica Modelo.

Com três unidades hoje em Araçatuba, todas as lojas da Ótica Modelo foram inauguradas por Nany People e a vice-prefeita de Araçatuba, Edna Flor. “Se tornou uma tradição para nós que elas inaugurassem nossas lojas, elas nos deram sorte”, ressaltou.

ALCA
Com 25 anos trabalhando no calçadão de Araçatuba, César sempre sonhou em representar o calçadão e retribuir todo o crescimento profissional e pessoal que alcançou lá. “Estou no calçadão desde que cheguei em Araçatuba. O calçadão foi construído em 1983, na gestão do Cinti, e em 1993 eu cheguei aqui. Conheço todas as lojas, os lojistas, cada rosto de quem ganha a vida lá”.

Em maio de 2018 se encerra o segundo mandato de Braga à frente da Associação dos Lojistas do Calçadão (ALCA). Ele pretende se candidatar para mais um período à frente da entidade.

“Tenho conversado com o prefeito Dilador e com a Edna Flor e apresentado para eles as necessidades do calçadão. Hoje precisamos trocar alguns postes, arrumar as grelhas de escoamento de água e arrumar o piso do calçadão. Temos buscado a melhor forma para fazer essas mudanças e melhorar o calçadão para a população de Araçatuba e as pessoas que nos visitam”, explicou César.

A ALCA tem 64 empresas associadas que contribuem financeiramente todo mês. A verba arrecadada é aplicada na contratação de um funcionário que cuida diariamente da limpeza do calçadão, manutenções e divulgação.

“Temos nossa sede e buscamos sempre o apoio de empresas da cidade para manter o calçadão bonito e atrativo para as pessoas. Conseguimos através de parcerias 34 novos bancos, lixeiras novas e jardinagem para o calçadão”, contou o presidente.

BRASIL
César Braga é sempre muito consciente sobre a realidade do mercado atual, momento em que a economia do país se recupera de uma grande crise. Ele acredita em uma retomada mais significativa nas vendas e na confiança do consumidor após as eleições.

“Esse ano teremos Copa do Mundo e eleições, que vão mexer muito com a realidade do país. Acredito que com o novo governo eleito as coisas vão melhorar muito. Até lá, seguimos otimistas e muito conscientes a respeito da realidade do nosso país”, finalizou.

Da Redação

você pode gostar também